16 de fevereiro de 2020 - 19:55

Agronegócio

30/01/2020 07:01

Brexit tornará a agricultura britânica a inveja do mundo

O Primeiro-ministro do Reino Unido, Boris Johnson, afirmou que a política do Brexit fará com que a agricultura britânica se torne “inveja do mundo”. Uma corte de 60 grupos agrícolas e ambientais escreveu uma carta conjunta ao primeiro-ministro para destacar a importância de garantir que os padrões de produção de alimentos do Reino Unido não sejam prejudicados quando o Reino Unido deixar a União Europeia.

Com o dia do Brexit (31 de janeiro) se aproximando, a NFU e outras organizações, incluindo a National Sheep Association e a Scottish Land and Estates, juntamente com grupos de lobby verde como RSPB, Greenpeace e The Wildlife Trusts, pediram o compromisso de manter o bem-estar animal e normas alimentares durante as negociações comerciais a serem consagradas na lei do Reino Unido.

“Estamos todos de acordo em que o Brexit oferece uma oportunidade para promover um modelo de agricultura sustentável e neutro em carbono no Reino Unido, com base em nossa reputação de alimentos de alta qualidade, seguros e acessíveis. Pode haver diferenças de opinião quanto à melhor forma de alcançar esse resultado, mas estamos todos de acordo que sem a política interna direita, apoiado por uma política comercial progressiva e ambicioso, nenhum de nós vai perceber esta visão compartilhada”, disse a carta.

O governo garante que as medidas tomadas a partir do Brexit irão beneficiar os agricultores britânicos e também toda a cadeia de alimentos. Com isso, o primeiro-ministro garantiu que esse pedido das entidades será cumprido pelo Reino Unido, sem prejudicar nenhuma das partes.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.