21 de janeiro de 2020 - 05:18

Brasil

11/01/2020 06:42

Programa do Sírio Libanês projeta melhorias para o Hospital São Benedito em 2020

Iniciado no Hospital Municipal São Benedito há três meses, o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do SUS (PROADI-SUS) que está sendo conduzido por técnicos e consultores do Hospital Sírio Libanês, teve os primeiros resultados apresentados durante reunião com o prefeito, membros da Empresa Cuiabana de Saúde Pública – ECSP e secretários da gestão, nesta quarta e quinta-feira, respectivos 08 e 09/01.

Durante as reuniões foram apresentados diagnósticos que, dentre os assuntos, pontuaram sobre capacidade instalada e funcionamento do hospital - com destaque para os serviços ofertados, otimização dos atendimentos, diminuição do tempo médio de permanência na unidade, bem como indicadores positivos e as prospecções de melhorias para 2020.

Segundo a consultora do Hospital Sírio Libanês, Verlaine Siqueira de Alencar, uma das principais características que a instituição tem que ter para receber o PROADI-SUS é a vontade de melhorar. “As pessoas que estão envolvidas no processo de trabalho precisam querer progredir, e conseguimos sentir muito isso dento do hospital. Diante disso, fizemos um diagnóstico do São Benedito para entender o serviço, a oferta e a demanda da população que é atendida. E trouxemos o resultado desse trabalho para apreciação dos gestores para realçar e dar visibilidade às boas práticas e destacar as oportunidades de melhorias”, explicou.

Ainda segundo Verlaine, nos próximos 30 dias, os servidores serão capacitados por meio de palestras e Workshop para juntos traçarem os planos de ações que serão executados com base nos dados apresentados.  “O Sírio tem a intenção de conviver e compartilhar com objetivo final de beneficiar o paciente SUS. Todos os esforços, todas as análises, os planos de ação são pensados para o paciente. Mas, nele também está envolvido quem está neste processo, porque hoje não olhamos só o paciente, mas também o colaborador. Esse é o nosso objetivo, criar uma atmosfera que caiba tanto o paciente, quanto o colaborador, a Secretaria, enfim, todas as questões que envolvem o meio social e onde a saúde está inserida”, completou.

O diretor geral da ECSP, Alexandre Beloto destacou a importância do PROADI-SUS, sobretudo, para a criação de um ambiente mais colaborativo, que possa entregar uma saúde melhor para a população. “Somos referência em média e alta complexidade para todo o estado de Mato Grosso e até países vizinhos e, embora tenhamos um índice de satisfação entre pacientes que chega a 98%, o relatório do Sírio nos apontou pequenas falhas que precisam ser corrigidas e, com isso, levaremos atendimentos cada vez mais humanizados”, frisou.

Para o prefeito Emanuel Pinheiro a credibilidade do Sírio Libanês, que tem apoio total do apoio do Ministério da Saúde por meio do PROADI-SUS, demonstra que a gestão está no caminho certo. “Ninguém faz nada sozinho, então além de contarmos com o apoio dos nossos colaboradores, estamos contando com a força técnica dos consultores do Sírio que é uma das mais respeitadas instituições hospitalares. Por tudo isso, é muito gratificante poder participar desse projeto que contribuirá para humanizarmos ainda mais a saúde pública da Capital”, celebrou o prefeito.

PROADI – SUS

Desenvolvido para colaborar com o fortalecimento do Sistema Único de Saúde (SUS), o Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (Proadi-SUS) é financiado com recursos de isenção fiscal (COFINS e cota patronal do INSS), concedida aos hospitais filantrópicos de excelência reconhecidos pelo Ministério da Saúde, e visa apoiar o SUS na promoção da melhoria das condições de saúde da população brasileira.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.