06 de junho de 2020 - 02:25

Esporte

12/03/2020 08:44

Times de presos disputam 'contratação' de Ronaldinho

Depois que o juiz paraguaio Gustavo Amarilla rejeitou o pedido de liberdade para Ronaldinho Gaúcho, seus companheiros de prisão começaram as manobras para "contratá-lo" para o torneio interno dos detentos.

As informações foram publicadas pelo jornal ABC Color, do Paraguai. O torneio de futsal terá como participantes policiais que prestam serviços e os detidos uniformizados.

 A competição é disputada em duas categorias: livre e sênior. A primeira não tem limite de idade, enquanto a segunda é para jogadores a partir dos 35 anos.

 Ronaldinho teria prometido aos colegas de prisão que jogaria a competição se não fosse solto.
  Algumas das equipes da categoria sênior que pretendem contratá-lo são: Villa Real, Pira Guasu, Halcones, Chacarita, Sport Espada, Sport Pitufo e Negro Cumbiero.

 Hoje, o craque decidirá com qual equipe ele jogará. Ronaldinho e Assis foram presos por portarem passaportes adulterados no Paraguai, na última sexta-feira.

 Eles estão na Agrupación Especializada e tiveram o pedido de prisão domiciliar negado, A defesa da dupla ofereceu uma casa em Lambaré, avaliada em 760 mil dólares (R$ 3,5 milhões), como garantia de prisão domiciliar, mas o juiz não acatou o pedido.

 Ronaldinho e Assis foram representados por sete advogados (seis paraguaios e um brasileiro).

 A audiência na capital paraguaia foi harmônica. Quatro dos advogados ficaram responsáveis por fazer a defesa oral e ofereceram o imóvel, que está no nome de uma terceira pessoa. Haveria, inclusive, controle policial no domicílio.

 O Ministério Público não concordou com a sugestão da defesa e disse que o valor da casa não é suficiente para garantir a prisão domiciliar.

 Também pediu que Ronaldinho e Assis sigam presos para dar sequência à investigação pelo uso de passaportes falsos.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.