21 de setembro de 2018 - 11:09

Eventos

LUIZ CLAUDIO BEGAN SE SOLIDARIZA E COLOCA ACERVO À DISPOSIÇÃO PARA MUSEU NACIONAL

A comoção atingiu o Brasil todo com o incêndio do Museu Nacional, ocorrido no dia 02 deste mês, e boas ações podem fazer surgir uma nova esperança para a reconstrução da história do Brasil. Luiz Claudio Began, proprietário da Began Antiguidades, se dispõe a emprestar todo seu acervo para o Museu. Ao longo de mais de 100 anos de história, ele contabiliza mais de 20 mil peças espalhadas por cinco andares na rua da Consolação, em São Paulo.

Já para dar início ao processo e incentivar a cultura brasileira, o empresário doará, em prol da reconstrução do patrimônio histórico do Museu Nacional, um raro exemplar de mobiliário brasileiro com função de aparador, do Brasil do Século XIX. Exemplar deste estilo encontra-se no Museu Histórico Nacional, tendo pertencido a Casa de Francisco Gonçalves da Fonseca, em Paqueta, onde Dom João VI se hospedava. Conforme descrição do livro MHN - do Banco Safra. A peça, confeccionada em madeira nobre em moldes típicos regentes, tem estrutura retangular com parte frontal em movimento abaulado, tampo em mármore de carrara em bisotée e molduras em três níveis, no mesmo estilo. Base com grande influência inglesa, sustentada por duas colunas magistralmente esculpidas no feitio de folhas de acantos em volutas sobre fuste recurvado e terminado em garras. A doação acontece durante um leilão online, promovido pela Began Antiguidades em parceria com Marise Domingues Arte & Leilões, até 14 de setembro.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.