Notícias

06/10/2017 12:16

Travestis são presas por tentativa de roubo e desacato no Zero KM

Cinco travestis foram presas pela Polícia Militar, na madrugada desta sexta-feira (6), pelos crimes de tentativa de roubo e desacato. A situação aconteceu no bairro Potiguar, região do Zero KM – ponto conhecido de prostituição em Várzea Grande.

A situação aconteceu por volta das 5h30, quando a recepcionista de um motel acionou a PM após a denúncia de que um homem, de 41 anos, estava sendo vítima de roubo em um dos quartos.

Ao chegar no local, a vítima estava com diversos hematomas no rosto e um dente quebrado, devido às agressões sofridas. O homem relatou que as travestis pegaram a chave de seu carro, um Fiat Uno, e queriam seu dinheiro.

As travestis se defenderam, afirmando que não estavam roubando e que o hoemen estava mentindo sobre a situação.

Nesse momento, uma travesti identificada como Geovane Gonçalves da Penha, 28 anos, começou a desacatar os policiais, com palavras de baixo calão e apontando o dedo no rosto dos agentes. Durante a prisão, Geovane afirmou que mataria os policiais e acabaria com a carreira deles. 

Após o início da confusão, houve um aglomerado de travestis e a PM pediu reforço. De acordo com o boletim de ocorrência, elas tentavam atrapalhar a ação policial e evitar que as amigas fossem detidas.

Além de Geovane, também foram detidos Francisco Guimarães Júnior, 20 anos, e Eliandro Brasilino de Moraes, 31 anos – pela acusação de tentativa de roubo. Já Felipe Jaynes da Silva Gomes, 22 anos, e Christian Augusto de Magalhães Campos, 26 anos, forma detidos por desacato.

Todos foram algemados e encaminhados para a Central de Flagrantes da cidade, onde o caso foi registrado.


versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo