10 de dezembro de 2018 - 02:36

Polícia

05/06/2018 08:16

Polícia Civil recupera veículos e prende envolvido em tentativa de latrocínio contra policial

Um foragido da Justiça foi preso pela Polícia Judiciária Civil durante investigações da Delegacia Especializada de Roubos e Furtos de Várzea Grande (Derf-VG), para elucidar a tentativa de latrocínio, que teve como vítima um policial civil aposentado. A ação, resultou na recuperação de três veículos roubados.

Com mandado de prisão decretado pela 2ª Vara Criminal de Cuiabá, Leandro Souza Fernandes, 28, conhecido como “Coiote”, foi surpreendido pelos investigadores da Derf-VG, no início da noite de sábado (02.06), em uma residência no bairro Cidade Alta, em Cuiabá.

Em posse do suspeito, foram localizados três veículos, produtos de crimes e com placas adulteradas, sendo um Ford Fiesta prata, um Gol G4 preto, e um Toyota Etios preto, o último automóvel tomado no roubo que culminou na tentativa de latrocínio.

A prisão do suspeito aconteceu após informações levantadas sobre uma casa, onde possivelmente estaria escondido o veículo Toyota Etios preto, subtraído durante tentativa de latrocínio, ocorrida na noite de quarta-feira (30.05). Com base nas informações, a equipe daDerf-VG realizou vigilância nas proximidades do endereço suspeito.

No final da tarde de sábado (30), os policiais civis avistaram o momento que um veículo Gol G4 preto, saia do imóvel. Em ato contínuo, foi feita abordagem do veículo, ocasião que o condutor apresentou uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH), com nome de Diego dos Santos Barbosa.

No entanto, Leandro Souza Fernandes, chamado de “Coiote” foi reconhecido pelos policiais, por ser contumaz na prática de crimes contra o patrimônio. O suspeito tem três passagens criminais por roubo, além de um mandado de prisão em aberto.

Em buscas na casa, foram encontrados os outros dois veículos, o automóvel Etios e o Fiesta, os quais estavam com restrição de roubo e já com as placas trocadas. No local também foram apreendidos dois pares de placas avulsas e um rádio HT, usado para ouvir a frequência das Polícias Civil e Militar.

De acordo com o delegado, Guilherme de Carvalho Bertoli, no interior do imóvel alugado por Leandro, não havia móveis ou eletrodomésticos, caracterizando o fato da casa ser usada apenas para guardar carros roubados e furtados.

Diante do flagrante, os três veículos foram apreendidos e Leandro conduzido à Derf-VG, onde foi interrogado pelo delegado de polícia, Guilherme de Carvalho Bertoli. O preso foi autuado pelos crimes receptação dolosa, uso de documento falso e adulteração de sinal identificador de veículo automotor.

As investigações continuam para apurar a participação de Leandro na tentativa de latrocínio, bem como identificar os outros envolvidos na ação criminosa.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.