23 de setembro de 2018 - 14:57

Polícia

02/07/2018 13:56

Ousadia, após assalto no BB, bandidos deixam recado e agradecem pela 'gentileza'

Os criminosos que furtaram a agência do Banco do Brasil, na Avenida Getúlio Vargas, região central de Cuiabá, teriam invadido o local na sexta-feira (29), e só teriam sido descobertos na noite do último domingo (1º). Além disso, após efetivar o crime, eles também teriam deixado um bilhete em tom de ironia. A Polícia Civil, questionada, declarou que detalhes da investigação serão mantidos em sigilo.
Há informações de que desde a sexta-feira, 30, os criminosos começaram a prática criminosa.

Embora, o quarteirão tenha sido totalmente interditado por equipes da Polícia Militar, Gerencia de Operaçoes Especiais (GOE) e Batalhão de Operações Especiais (Bope), a Secretaria do Estado e Segurança Pública (Sesp), afirmou que não teria motivos para pânico. Imagens que teriam sido registradas no interior da agência mostram um bilhete deixado pelos criminosos em uma geladeira.  “Muito obrigado pela gentilesa (sic)”. As imagens também mostraram o local totalmente revirado e os cofres arrombados. 
 
Segundo informações da Polícia Militar, dois cofres da tesouraria foram arrombados, no entanto, até a noite de ontem ainda não se tinha a quantidade do valor subtraído. Os criminosos também arrombaram um caixa eletrônico na parte principal da agência, mas o gerente afirmou à polícia, na ocasião, que não sabia se haveria dinheiro.
Na cena do crime, os policiais encontraram duas makitas. Dois malotes com moedas também foram encontrados durante varredura. 
De acordo com a Polícia Militar, a ação criminosa foi descoberta quando uma equipe do 1º Batalhão fazia rondas pela região central. Os militares se aproximaram da agência e encontraram um homem com uma arma de fogo em mãos. Posteriormente ele se identificou como policial civil e disse que estaria monitorando um furto no banco.
 
As equipes policiais fizeram uma varredura, mas não encontraram nenhum suspeito no local. Na noite de ontem, o delegado do GOE, Ramiro Mathias Ribeiro seguiu até a Delegacia de Roubos e Furtos (Derf), para registrar a ocorrência. Mas na manhã de hoje, a Polícia Civil disse que a ocorrência ainda não havia sido confeccionada. 
 
 

 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.