19 de novembro de 2018 - 13:39

Polícia

05/11/2018 05:08

Força-tarefa de MT desarticula quadrilha de arrombamentos a bancos no Maranhão

Uma associação criminosa especializada em arrombamentos de agências bancárias, e atuante em diferentes estados brasileiros, incluindo Mato Grosso, foi identificada e desarticulada na quinta-feira (01.11). Quatro suspeitos foram presos na cidade de Dom Pedro, no Maranhão. 
A ação foi realizada graças a força- tarefa mato-grossense, entre a Polícia Judiciária Civil, por meio da Gerência de Combate ao Crime Organizado (GCCO),  Polícia Federal, Polícia Militar, Polícia Rodoviária Federal, Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh), em parceria com a Polícia Civil do Maranhão, através do Departamento de Combate ao Roubo as Instituições Financeiras.
Bruno de Lima, conhecido como “Boquinha”, Mateus Silva de Oliveira Moreira (esse com dois mandados de prisão em aberto), Erisvando Rodrigues da Silva Oliveira, e Francisco Silva de Oliveira, conhecido como “Pantica”, foram autuados em flagrante pelo crime de associação criminosa majorada e corrupção de menores.
Além dos envolvidos, os policiais civis apreenderam um adolescente de 16 anos, vários materiais usados para praticarem os arrombamentos de cofres e terminais eletrônicos, capa de colete balístico subtraída de agência bancária e um veículo utilizado nos crimes.


A associação vinha sendo investigada pela força-tarefa, formada pelos órgãos de Segurança Pública de Mato Grosso, que repassou informações que possibilitaram  a identificação dos integrantes e também as casas usadas por eles, na cidade de Dom Pedro (MA). 
Diante dos levantamentos, os policiais conseguiram surpreender os acusados na manhã de quinta-feira (01). No momento da abordagem, Bruno de Lima apresentou documento falso. Ele também responderá pelo crime de falsa identificada.
O preso Mateus Silva de Oliveira Moreira possui dois mandados de prisão em aberto, decretados pela Justiça de Mato Grosso, pela prática de crimes similares.
As investigações apontam também que a associação é responsável pelo assalto ao Banco Bradesco de Santo Antônio dos Lopes (MA), ocorrido no dia 19 de outubro.
A Polícia Civil do Maranhão dará continuidade às investigações a fim de identificar e prender os demais envolvidos.

Força-tarefa
Nesta semana, outra associação criminosa investigada pela força-tarefa de Mato Grosso (PJC, PM, PF, PRF, Sejudh) foi presa em outro Estado Nordestino.
A quadrilha desarticulada agia em arrombamentos a agências bancárias e foi presa após cooperação entre a força-tarefa de MT e  a Polícia Civil de João Pessoa (PB). (http://www.pjc.mt.gov.br/noticia.php?id=18915#.W9wyU8TUz8k.whatsapp)


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.