12 de dezembro de 2018 - 00:35

Polícia

19/11/2018 13:55

Integrantes de uma quadrilha são detidos com produtos da Eletrokasa já no caminhão

No decorrer da ação, um dos integrantes foi baleado e morreu no Pronto Socorro de Várzea Grande e outro conseguiu fugir pelo telhado de um galpão.

Um caminhão Mercedes branco foi apreendido por volta das 2h desta segunda-feira (19.11) com diversos produtos furtados da Eletrokasa, em Várzea Grande. O veículo trafegava pela Avenida Ulisses Pompeu de Campos, centro da cidade, com dois dos quatro suspeitos que estariam envolvidos na ação. Eles retornavam ao estabelecimento para levar mais produtos. No decorrer da ação, um dos integrantes foi baleado e morreu no Pronto Socorro de Várzea Grande e outro conseguiu fugir pelo telhado de um galpão. Os suspeitos detidos disseram fazer parte de uma quadrilha que realiza furtos pela cidade conforme orientações de presidiários.

No baú do caminhão foram localizados vários eletrodomésticos, entre eles, 10 ventiladores, quatro liquidificadores, batedeiras, um televisor 40 polegadas  e  máquina  de lavar de alta pressão, todos  novos e embalados em caixa. E outros como forno elétrico,  micro-ondas, cinco aparelhos DVD, uma bicicleta infantil, um carrinho de carga aguardavam a chegada do caminhão para serem carregados. Segundos os suspeitos, a mercadoria pertencia a Eletrokasa da Avenida Couto Magalhães, onde fizeram um buraco na parede  usando um pé de cabra e uma barra de ferro para realizar o furto.

Nos fundos do estabelecimento que tem acesso pela Rua Salin Nadaf, está localizado um galpão grande e abandonado com muros altos e pouca visibilidade em período noturno (região escura), que estaria sendo usado para abrigar os produtos furtados, pois está a cerca  de 100 m da parede da loja, onde fizeram o buraco.

No galpão, cujo portão estava aberto e na frente, um carro Gol  branco estacionado, estaria também o suspeito Luis Wagner Pinto, 33 anos, lá dentro armado com um revólver 38 . Os policiais conseguiram visualizá-lo com o uso de lanternas, e foram recebidos a tiros. Os militares, segundo registros do boletim de ocorrência, revidaram a agressão atingindo  Luís Wagner Pinto, na região do tórax. Foram localizados com ele a arma e  três munições calibre 38 intactas e três deflagradas.

O Samu foi acionado para prestar o socorro, mas devido o tempo previsto para chegada, a viatura conduziu o ferido até o Pronto Socorro de Várzea Grande, onde chegou com vida, mas acabou morrendo. A Politec também foi comunicada para a realização da perícia no local, que permaneceu isolado. Foram conduzidos para a delegacia os suspeitos Eduardo Dinalo de Melo, 24 anos, e Marlon José Martins da Silva, 26. 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.