12 de dezembro de 2018 - 00:36

Polícia

02/12/2018 13:08

Pastor suspeito de estar envolvido em morte de jornalista se entrega à polícia

O pastor David Aparecido Coelho de Araújo foi preso após se entregar à Polícia Civil da cidade de São José do Rio Claro (324 km de Cuiabá) na noite da última quinta-feira (27). Ele é, assim como outros dois homens detidos, suspeito de ter participado do assassinato do jornalista Elias Corrêa dos Santos, proprietário de um site de notícias regional, morto a pauladas no dia 6 de outubro.
Na terça-feira (25), a polícia já havia prendido Adeilson de Oliveira, de 29 anos, e Marcos Paulo Castil de Santana, de 24 anos na cidade de Nova Mutum (264 km de Cuiabá). Os dois detidos foram encaminhados para a Cadeia Pública de São José do Rio Claro.
As investigações, segundo a Polícia Civil apontam que em outubro deste ano, o jornalista foi morto após se hospedar no mesmo hotel em que estavam os criminosos e ter sido reconhecido por Adeilson, por ter se relacionado afetivamente com sua esposa, há aproximadamente dois anos, mesmo sabendo se tratar de mulher casada.
O corpo do jornalista foi encontrado pela madrugada por uma amiga, que teria recebido uma ligação para encontrá-lo no local.  Elias teve as pernas amarradas e aparentemente foi morto a pauladas.
Em seu depoimento à polícia, o pastor declarou que não participou do assassinato e alegou que “estava no local e na companhia errada” na noite da execução.
O pastor tem várias passagens criminais e teve envolvimento em um assalto a uma agência do Banco do Brasil na cidade de Nova Maringá.

Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.