14 de dezembro de 2019 - 23:09

Polícia

29/11/2019 07:40

Operação cumpre mandados para apreender armas de fogo e munições em Mirassol D'Oeste

Sete mandados de busca e apreensão domiciliar foram cumpridos na operação Engatilhados, deflagrada na manhã desta quinta-feira (28.11), pela Polícia Judiciária Civil com apoio da Polícia Militar e Sistema Penitenciário, em Mirassol D'Oeste (300 km a Oeste da Capital).

A ação resultou na prisão de três pessoas em flagrante, além da apreensão de 6 armas de fogo e várias munições. As ordens de busca e apreensão domiciliar foram expedidas pela 3ª Vara Criminal de Mirassol D'Oeste com base em investigações da Polícia Judiciária Civil do município.

Segundo o delegado responsável pelas investigações, Alexandre da Silva Nazareth, a operação visava combater o crime de posse ilegal de arma de fogo e munições, empregado com o fim de combater outras infrações como violência doméstica, apoio ao tráfico de drogas e associação criminosa.

Os trabalhos contaram a atuação de 56 policiais, entre investigadores da Delegacia de Mirassol D'Oeste, com apoio da Delegacia Regional de Cáceres, Delegacia Especializada de Fronteira (Defron), Canilfron, além das equipes da Polícia Militar e do Sistema Penitenciário.

No cumprimento das buscas na casa do suspeito A.P., no bairro Jardim Planalto foi a apreendido uma carabina calibre 22, sem marcas aparentes, duas balanças de precisão, 05 aparelhos celulares, 01 cofre em que estava armazenado um revólver calibre 38 com 05 munições intactas, além de cheques preenchidos de diferentes bancos.

O suspeito, investigado pela autuação com o tráfico de drogas no município, não foi localizado na residência. Segundo as investigações, ele também seria responsável pela execução de uma pessoa por na cidade de Guarantã do Norte, durante a cobrança de uma dívida de tráfico.

Em outra busca em uma propriedade rural, localizada às margens da BR 174, os policiais apreenderam em um dos cômodos da casa, uma espingarda calibre 32, quatro munições do mesmo calibre, 19 munições calibre 38, além de dois cartuchos e dois estojos.

O dono do local, O.G.S., 64, era alvo de investigação de violência doméstica e foi conduzido a Delegacia de Mirassol D'Oeste, onde após ser interrogado foi autuado em flagrante por posse de arma de fogo e munições.

Na propriedade rural de M.J.A., também investigado por violência doméstica e familiar, foi apreendido dois carregadores, 47 munições calibre 22, cartuchos calibre 36 mm, além de apetrechos para confecção de munição.

Em outro alvo, no bairro Jardim São Paulo, foi apreendido uma espingarda calibre 28, 06 munições calibre 380, uma munição calibre 22, uma carabina de ar comprimido 6.0, uma porção de ácido bórico, e uma poção de maconha. O investigado não foi localizado.

O suspeito, J.P.B.N., 49, passou a ser investigado após a Polícia receber informações de que ele mantinha uma arma de fogo em sua residência, fato que foi confirmado na operação. Diante das evidências, ele foi conduzido a delegacia onde foi lavrado o flagrante.

Segundo o delegado, Alexandre Nazareth, também foram cumpridos outros mandados contra pessoas investigadas por integrar facção criminosa.

“Todos os alvos da operação são considerados criminosos pelas investigações, ainda que em potencial e com desígnios autônomos, uma vez que possuem em suas casas, sem a licença da autoridade competente, e sem que um saiba da aspiração do outro, armas de fogo de diferentes calibres”, destacou o delegado.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.