23 de setembro de 2020 - 12:18

Polícia

13/04/2020 17:03

Polícia Civil prende duas mulheres suspeitas de envolvimento em homicídio ocorrido em Várzea Grande

Cinco pessoas foram detidas no domingo (12.04) em diligências da Delegacia de Homicídios e Proteção à Pessoa (DHPP) para esclarecer a morte de Cássio Rogério Gonçalves, 34 anos, ocorrida no sábado, em Várzea Grande. 

Em uma casa na região do Parque Cuiabá, na Capital, as equipes da DHPP encontraram os objetos roubados da casa da vítima (televisores, caixa de som, aparelhos celulares e roupas). Um celular e roupas da vítima foram encontrados queimados na casa de uma das mulheres presas.

Segundo informou uma das pessoas presas, os objetos roubados foram deixados na residência pelos dois suspeitos de cometerem o crime, que estavam também com o carro da vítima.

Na casa do pai de um dos suspeitos foram encontradas roupas que os dois rapazes, suspeitos pelo crime, teriam utilizado no dia do crime.

As diligências foram realizadas pelas equipes dos delegados Eliane Moraes e Caio Fernando Albuquerque.

As cinco pessoas foram encaminhadas à delegacia, onde foram ouvidas pela delegada Eliane Moraes, que preside o inquérito. Duas mulheres, que são parentes dos suspeitos e tinham conhecimento do crime, foram autuadas em flagrante e encaminhadas posteriormente à penitenciária feminina, na Capital. As demais pessoas foram liberadas após depoimentos.

“As pessoas que estavam com objetos da vítima tinham conhecimento de que os suspeitos planejavam o cometimento do crime. Quando receberam os objetos dos executores, elas sabiam que eram de procedência da vítima que eles haviam planejado matar”, informou a delegada.

As diligências continuam para localizar os suspeitos pela morte da vítima.

A vítima foi encontrada morta na noite de sábado, 11 de abril, dentro de sua residência no conjunto habitacional Clóves Vettorato, em Várzea Grande. O corpo tinha 16 perfurações de arma cortante no abdômen e pescoço. Da casa foram levados objetos, roupas, aparelhos eletrônicos e o carro da vítima.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.