14 de dezembro de 2019 - 23:15

Saúde

01/08/2019 10:53

Lixeiras subterrâneas ajudam na coleta seletiva e inclusão de catadores

Duas novas estruturas foram entregues nesta quarta-feira (31) no Centro Histórico de Cuiabá

 

Mais duas lixeiras subterrâneas foram entregues pela Prefeitura de Cuiabá nesta quarta-feira (31). As novas estruturas, construídas na Praça Caetano Albuquerque e na Avenida Getúlio Vargas (próximo à Praça da República) se juntam ao compartimento inaugurado, anteriormente, na Praça Alencastro. Com capacidade de armazenamento de cerca de seis toneladas de resíduos, somados os três conjuntos, elas chegam à Capital com pelo menos dois principais objetivos traçados.

O primeiro deles é o de ser mais uma ferramenta utilizada pelo Município para o avanço na coleta seletiva pela cidade. As lixeiras são compostas por três contêineres enterrados e divididos em duas categorias. Dois são reservados para o recebimento de resíduos secos e um compartimento é dedicado, exclusivamente, para o descarte de resíduos úmidos (não recicláveis). Dessa forma, comerciantes e pedestres que passam pela região podem fazer a correta separações do lixo.

Atualmente, cerca de 20 comunidades, dezenas de empresas e repartições públicas são atendidas pelo serviço. Para os próximos quatro anos, conforme planejamento da Secretaria de Serviços Urbanos, a meta é universalizar esse benefício. Além da expansão da coleta seletiva, outro objetivo que é fomentado pela Prefeitura com o investimento nessa área é a inclusão social dos trabalhadores da reciclagem, os conhecidos "catadores". 

“Contamos com a parceria de quatro cooperativas, que empregam centenas de pessoas. Por meio da reciclagem, pais e mães geram renda e tiram o sustento de suas famílias. São pessoas que, por muitas vezes, são marginalizadas. Mas, com as lixeiras e outras ações já em andamento, nossa gestão está cada vez mais fortalecendo essa classe e mostrando para a sociedade a impotência do seu trabalho para a saúde pública e preservação do meio ambiente”, comenta o prefeito Emanuel Pinheiro.

Além de melhorar o visual da cidade, evitando o acúmulo de lixo em diferentes pontos do Centro Histórico, as lixeiras também ajudam na otimização da coleta de lixo. Segundo explica o secretário de Serviços Urbanos, José Roberto Stopa, cada conjunto possui um dispositivo que alerta a empresa sempre que os compartimentos estão com a capacidade de armazenamento esgotada.

“Estamos implantando em Cuiabá a modernização desse serviço. Esse sistema faz com que a empresa consiga programar a coleta, diminuir o número de viagens e também manter esses locais higienizados. O transporte é feito por veículos equipados, especificamente, para realizar a retirada dos contêineres, despejar os materiais no caminhão e devolver os compartimentos novamente ao espaço construído no subsolo”, destaca o secretário.

Assim como outras ações de zeladoria desenvolvidas na cidade, a implantação das lixeiras subterrâneas é mais uma medida que, para obter os resultados positivos, é necessário que o cidadão se envolva ativamente no processo. Neste sentido, desde a construção do primeiro equipamento, a Secretaria de Serviços Urbanos faz na região o trabalho de orientação sobre a utilização das estruturas.

“Sabemos que não podemos apenas instalar as lixeiras e acreditar que o trabalho está concluído. Precisamos fomentar e facilitar a participação das pessoas. Por isso, em parceria com a Associação dos Lojistas do Centro Histórico, disponibilizamos pelo menos cinco educadoras ambientais, que percorrem os mais de 1.600 comércios da região, tirando todas as dúvidas dos lojistas”, enfatiza o diretor de Resíduos Sólidos, Anderson Matos.

Também participaram da entrega, os vereadores Renivaldo Nascimento, Adilson Levante e Mario Nadaf, além dos secretários de Meio Ambiente e Desenvolvimento Urbano, Juares Samaniego e de Cultura, Esporte e Turismo, Francisco Vuolo.

 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.