07 de maio de 2021 - 04:17

Cidades

31/03/2021 10:21

Trabalhador esmagado por empilhadeira matou 3 da mesma família em chacina

Creudinei da Costa Lima, morreu na última sexta-feira (26) após ter a cabeça esmagada por uma empilhadeira em uma distribuidora de Açaí, no bairro Renascer, em Cuiabá. Ele foi condenado a 57 anos de prisão pelo assassinato de um homem, em Cuiabá, e de outras três pessoas da mesma família, em Chapada dos Guimarães (63 km de Cuiabá).

Segundo apurado, em janeiro de 2005 Creudinei matou um homem em uma boate após a vítima lhe negar um cigarro. Irritado, o homem abriu fogo e atingiu Edirson Carlos da Cruz, 23, que foi alvejado por dois disparos e morreu na hora.

Após o crime, Creudinei foi se esconder em uma chácara no distrito de Agaçú, em Chapada dos Guimarães. Na propriedade, ele e uma prima começaram a viver uma relação amorosa. Após 3 meses de namoro, a jovem decidiu terminar com Creudinei. Por não aceitar o fim do relacionamento, ele resolveu matá-la. Os dois primos da ex-companheira também foram brutalmente executados a tiros, pois eles haviam presenciado o crime.

Em diligências, meses depois o acusado foi localizado e condenado a uma pena de 57 anos de regime fechado pelo crime na boate e pelo triplo homicídio.

Após ser preso e passar cerca de 12 anos no presídio Pascoal Ramos, devido as regressões de pena, em 2019 ele foi liberado e saiu pela porta da frente.

Tempos se passarou e Creudinei conseguiu se recolocar no mercado de trabalho. Ele era operador de empilhadeira em uma distribuidora de uma renomada empresa de açaí. Tragicamente, na tarde da última sexta-feira (26), ele morrendo em um acidente de trabalho, após sua cabeça ser esmagada por uma por uma empilhadeira.

O passado obscuro de Craudinei foi descoberto após a grande repercussão de sua “morte injusta”. Nas redes sociais vários comentários nas redes sociais internautas postavam fotos e mensagens de despedida.

Em algum desses comentários, uma jovem, que terá sua identidade preservada, relembrou o caso dos assassinatos.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.