24 de outubro de 2021 - 09:32

Cidades

24/08/2021 07:55 Só Noticias

Nortão: polícia começa ouvir hoje testemunhas para identificar como ocorreu explosão de dinamites; 2 morreram

O delegado da Polícia Civil de Guarantã do Norte (233 quilômetros de Sinop), Geraldo Gezoni Filho confirmou, ao Só Notícias, que mandou oficializar os três homens que sobreviveram a explosão das dinamites, em um garimpo localizado numa região conhecida como Serrinha, a cerca de 18 quilômetros do centro da cidade.

“Mandamos fazer a intimação de três pessoas. Esse é o procedimento inicial. Ainda é muito prematuro para apontar qualquer tipo de indício de crime. Essas testemunhas, são as três vítimas que ficaram feridas. Elas poderão dar uma noção melhor do que poder ter ocorrido no local”, disse Gezoni.

As vítimas que sobreviveram relataram para Perícia Oficial e Identificação Técnica que estavam trabalhando no local quando houve uma explosão, que resultou na morte de Daniella Trajano Dalffe, 28 anos (que residia em Cuiabá)  e Mário Lucier Caldeira, 49 anos.

A perita da Perícia Oficial e Identificação Técnica, Nayane Lanzieri afirmou, anteriormente, em entrevista, ao Só Notícias, que preliminarmente não foi possível constatar como iniciou a explosão das dinamites. “Ainda não dá para saber exatamente o que aconteceu, tinha bastante explosivos no barracão, achamos solvente também, mas destruiu muito, não conseguimos achar o que iniciou a explosão, não deu para descobrir como se deu. Não foi conclusivo”.

O Grupo de Operações Especiais (GOE) de Cuiabá fez uma varredura na área. Em seguida, detonou, em um buraco, os explosivos encontrados.

Daniella Trajano cursava desde 2019, engenharia de Minas, na Universidade Federal de Mato Grosso, campus de Várzea Grande e seus pais são empresários em Cuiabá.  Não foi confirmado onde Mario foi sepultado.


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.