07 de julho de 2022 - 02:25

Cidades

18/05/2022 05:25

Papiloscopista teve prejuízo de pelo menos R$ 8 mil

Nas queixas à polícia, o papiloscopista lista os materiais levados de uma obra que tocava numa casa a duas quadras do estádio. Na relação, estão ferramentas, acabamentos e até uma janela inteira.

O papiloscopista Renato Couto, assassinado por militares da Marinha, teve um prejuízo de pelo menos R$ 8 mil com furtos. A reportagem teve acesso aos seis boletins de ocorrência abertos por Renato entre dezembro do ano passado e a última quarta-feira (11), dois dias antes de ser emboscado.

A informação foi publicada primeiro no jornal “O Dia” .

Renato reformava uma casa geminada na Rua General Canabarro, no Maracanã. Ele pretendia morar no andar de cima e alugar o de baixo.

Nas queixas à polícia, o papiloscopista lista os materiais levados de uma obra que tocava numa casa no Maracanã, na Zona Norte do Rio, a duas quadras do estádio. Na relação, estão ferramentasacabamentos e até uma janela inteira.

Toda a região sofre com furtos. Grades, esquadrias, fiação e até portões inteiros são arrebentados e vendidos em ferros-velhos.

Só na Supervia, a concessionária que opera os trens no Grande Rio, houve um aumento de 268% no furto de cabos em um ano, considerando os dados de janeiro e fevereiro.

Muitos desses pontos de coleta são clandestinos. É o caso do de Lourival, fechado em janeiro pela Prefeitura do Rio e reaberto à revelia.

Renato encontrou peças suas com Lourival e foi tomar satisfação. O atrito resultaria, segundo a polícia, na morte do perito.

Todos os boletins de ocorrência

1. 7 de dezembro de 2021

 

  • Uma lixadeira de R$ 1.500
  • Uma lixadeira de R$ 500
  • 30 metros de fiação elétrica
  • Uma torquês
  • Um martelo

2. 12 de dezembro de 2021

 

  • Uma furadeira
  • Uma lixadeira
  • Dez acabamentos de registro
  • Cinco fechaduras
  • Dez maçanetas
  • Dez metros de fiação

“Observei que haviam cortado os cadeados do portão e da porta do cômodo onde ficam as ferramentas e máquinas guardadas”, disse ele em depoimento. O prejuízo com todos os itens foi estimado em R$ 3.500.

3. 6 de fevereiro de 2022

 

  • Uma janela de alumínio branca de 90 cm por 120 cm
  • Uma extensão de 15 metros

O prejuízo relatado foi de R$ 1.500.

4. 8 de fevereiro de 2022

 

  • Um carrinho de mão de R$ 400

5. 21 de março de 2022

 

  • Um alicate
  • Uma mangueira de nível
  • Uma coluna de ferro

Renato, em seu depoimento, solicitou que a polícia buscasse imagens da casa em frente para tentar identificar os autores do roubo. Prejuízo: R$ 600.

6. 11 de maio de 2022

 

  • Um carrinho de mão
  • Uma cafeteira
  • Duas janelas de alumínio
  • Pedaços de viga

 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.