19 de junho de 2024 - 08:12

Cultura

TOM CYKMAN e FÉLIX JUNIOR lançam CHORANDO EM FRENTE

Em mês comemorativo do gênero e depois de ser reconhecido como PATRIMÔNIO CULTURAL DO BRASIL, músicos inovam o choro em projeto inédito

 

“Uma visão tradicional e respeitosa do gênero do choro, e ao mesmo tempo oferece um frescor, algo inovador, reforçando a ideia que a tradição pode ser contada de maneira contemporânea e moderna”. É assim que a violonista, compositora e arranjadora Elodie Bouny definiu o disco Chorando em Frente, do guitarrista Tom Cykman e o violonista Félix Junior, que acaba de chegar nas plataformas digitais.

Nesse álbum, os músicos apresentam revigorantes releituras de choros clássicos de Pixinguinha, Jacob do Bandolim, entre outros, através de interpretações cheias de liberdade e improvisação. A instrumentação inusitada da guitarra no choro, por Tom Cykman, tocada de forma fiel ao gênero e ao mesmo tempo moderna, se soma ao impecável violão de 7 cordas de Félix Júnior, trazendo um frescor para a música instrumental brasileira.

Para o clarinetista e compositor Caetano Brasil, “As melodias no disco estão muito bem colocadas na guitarra, com o respeito de quem reconhece a profundidade da linguagem e se dedica a pesquisar uma forma própria de exprimi-la em seu instrumento.”

Tom Cykman, nascido em São Paulo e criado em Florianópolis (SC), é um guitarrista com foco na música brasileira e na improvisação. Em 2022, realizou uma série de oficinas a respeito da guitarra no choro, com a qual alcançou repercussão internacional com público inscrito de todo o Brasil, Argentina e Europa. Realizou turnês na Argentina, Portugal e Israel (Shablul Jazz), além de ministrar uma Masterclass de música brasileira no Núcleo de Samba e Choro de Buenos Aires.  Atualmente integra o trio de Alexandre Rodrigues em seu inovador trabalho de pife em contexto jazzístico. Sua discografia inclui o single Intocável com Félix Júnior (2021), Iara Ferreira Trio (2022), Iara Ferreira VERDEAMARELA (2023), Choro Xadrez (2023) e Pife Enigmático - Alexandre Rodrigues Trio (2024).

Félix Junior é considerado um dos grandes nomes do violão de sete cordas no Brasil. Compositor e arranjador de MPB instrumental, iniciou seu aprendizado no norte de Minas, passando por Pirapora e Montes Claros, até chegar ao Distrito Federal. O músico já trabalhou com outros grandes mestres da nossa música, gente como Altamiro Carrilho, Osvaldinho do Acordeom, Turíbio Santos, Gabriel Grossi, Hamilton de Holanda, Dominguinhos, Yamandú Costa, Jane Dubok, Cristovão Bastos, Roberto Menescal e muitos outros. Sua discografia inclui discos como Quando as Cordas Choram (2012), Lamento mineiro (2019), Félix Junior Interpreta Francisco Araújo (2020) e  Chão de Minas (2022) em formato solo, e em dueto como Nascente- com Gabriel Grossi (2016), Pro Menesca Vol 1 e 2 com Marcia Tauil (Part Roberto Menescal), Caymmi-se com Marcia Tauil e Juliana Caymmi (2022) e Pro Cristóvão Vol 1 e 2 com Marcia Tauil (Part Cristóvão Bastos), 2022 e 2023.

 

REPERTÓRIO COMPLETO

  1. Chorinho de Gafieira (Astor Silva)
  2. Chorando Baixinho (Abel Ferreira)
  3. Receita de Samba (Jacob do Bandolim)
  4. Ingênuo (Pixinguinha e Benedito Lacerda)
  5. Eu Quero É Sossego (K-Ximbinho)
  6. Doce de Coco (Jacob do Bandolim)
  7. Perigoso (Orlando Silveira e Esmeraldino Salles)
  8. Naquele Tempo (Pixinguinha)
  9. Cochichando (Pixinguinha)
 

FICHA TÉCNICA

Guitarra: Tom Cykman

Violão 7 cordas: Félix Júnior

Captação: Jorge Lacerda (Florianópolis, SC)

Mixagem: JG Júnior (Brasília, DF)

Captação de vídeo: Guilherme Ledoux

Edição de vídeo: Tom Cykman


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.