28 de maio de 2022 - 22:43

Entretenimento

06/12/2021 00:12

Terra Força Mulher, novo trabalho de Estela Ceregatti - o single Ficar sem ARte Sufoca, chega às plataformas digitais no próximo dia 24 de dezembro.

Terra Força Mulher é o segundo disco da artista que traz como tema elementos da natureza. O primeiro foi o Ar, álbum que Estela Ceregatti lançou em 2017. Agora vem Terra Força Mulher que a artista pretende lançar entre 2021 e 2022. É um trabalho que Ceregatti está fazendo há mais de três anos. “Tudo o que vivo, tudo o que me transpassa, tudo que me alcança, tudo que me impacta é elemento de criação, de olhar refletido a respeito do que existe” diz Estela. “São provocações, muitas vezes, em forma de música” completa.

O disco Terra Força Mulher também conta com músicas mais antigas como Vida de Teimosia e Amor e Gratidão, que é assinada por Ceregatti e o músico Jhon Stuart que assina os arranjos instrumentais, produção e é parceiro de vida de Estela. Vida de Teimosia é uma música que acompanha a cantora há cerca de seis anos. “Veio em um momento de inspiração muito grande ao me deparar com um chão árido, morto em vida, como é o chão do sertão. Estava me sentindo assim por dentro por uma série de coisas, me sentindo triste e ressecada... quando me deparei com cactos em cima das casas de barro, palmas que nasciam no chão e senti a importância de sermos vida de teimosia por mais áridos que sejam os dias. Há sempre um verde que insiste em viver” conta.

Prossegue Estela “E agora neste contexto de pandemia, desde 2020, também nasceram outras canções, como o single Ficar Sem ARte Sufoca, que eu vou lançar agora e integra o disco Terra Força Mulher. Tem este duplo sentido, ficar sem arte pode nos sufocar e ao mesmo tempo ficar sem ar nos sufoca”.

Movido por um encontro que aconteceu no Prêmio Grão de Música o disco contará com a parceria da compositora mineira Déa Trancoso em uma das faixas. O álbum tem outra parceria na faixa Meu Relicário, que conta a poeta, instrumentista, compositora e produtora paraibana Socorro Lira. “Outra coisa muito especial que acontece neste trabalho é a música da minha filha, da Jhoana, chamada Aroeira. Ela teve um rompante de muita alegria e expressão natural infantil, cantou e eu tive a sorte de gravar no celular. A música conta com a voz dela daquele momento registrado” diz.

O projeto do Terra Força Mulher só foi possível em razão da Lei Emergencial Aldir Blanc, via Secel – MT.

Ficha Técnica

Arranjos vocais e direção artística: Estela Ceregatti

Arranjos instrumentais e produção musical: Jhon Stuart

Produção, mixagem e masterização: André Magalhães

Assessoria de Imprensa: Silviane Ramos e Cássio Martins

 

 

 

 

 


Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.