02 de junho de 2020 - 12:44

Eventos

LIVE: Direitos Trans: Cidadania, Retificação de Documentos e Tratamento Hormonal

@gabrielcarbonineto

LIVE: Direitos Trans: Cidadania, Retificação de Documentos e Tratamento Hormonal

 Data, horário:  31 de maio de 2020 / 20h horário de Cuiabá e 21h horário de Brasília 

Local: instagram da Luiza Bauermann  @lululuz._

Sobre a Live: Expor o processo legal de como fazer para retificar os documentos, relatar suas vivências enquanto mulheres trans e travestis, a importância de pessoas trans exercerem a cidadania e as conquistas do movimento trans no Brasil. Ao final  responderam as perguntas relacionadas a temática.

 

 Informações sobre as participantes: 

Luiza Bauermann: Modelo, Digital Influencer e Representante do Movimento Trans em Sinop.

Rafaela Crispim: Defensora de Direitos Humanos e Pessoas LGBTI+. Graduanda em Direito, atua nas áreas de retificação de nome e gênero em documentos civis de pessoas transgêneras e travestis no estado do MT. 

Lupita Amorim: atriz, modelo e dançarina. Graduanda em Ciências Sociais na Universidade Federal de Mato Grosso. Coordenadora do Coletivo Negro Universitário. Bolsista da Profº Hemylle Lowayne na "Escola Ama Corpo e Dança", nas modalidades de Jazz Funk e Sitlleto.


Festival Lives Rocinante no Estábulo 30 de Maio - por Gilda Portella

Segunda edição do festival on-line “Rocinante no Estábulo” acontece no sábado, 30 de maio, das 16h às 22h.

Ao todo, doze artistas do elenco da nova gravadora farão, nos seus perfis no Instagram, um recorte dos seus discos lançados ou por lançar pela Rocinante.

“Depois que o mundo mudou, me sinto peixe dendágua participando desse evento que junta gerações e quer ir até o final sem deixar perder nenhum elo da corrente brasileira de música”, se alegra o mineiro Nelson Ângelo, que vai abrir o festival às 16h. Aliás, esta será a primeira live do autor de “Canoa, canoa” (com Fernando Brant), sucesso do Clube da Esquina.

Jards Macalé vai cantar às 20h, com alguns sambas de Zé Kéti que gravou recentemente, em Nova York, junto com o percussionista carioca Sérgio Krakovski, responsável pela live seguinte, às 20h30. Aliás, o disco da dupla será um dos próximos lançamentos da gravadora.

Para encerrar o dia de shows virtuais em grande estilo, o compositor Thiago Amud entrará em cena às 21h30. No roteiro, músicas de “O cinema que o sol não apaga” e inéditas. “Rocinante é o cavalo do Dom Quixote. Quixotes somos os que estamos sobrevivendo lançados em busca da alegria, do conhecimento, da criatividade, da ajuda mútua. Coloco minha música a serviço de quem agora queira com ela se animar”, declara o jovem parceiro dos mestres Guinga e Francis Hime.

A segunda edição do festival online “Rocinante no Estábulo” será no sábado, 30 de maio, das 16h às 22h. Ao todo, doze artistas do elenco da nova gravadora farão, nos seus perfis no Instagram, um recorte dos seus discos lançados ou por lançar pela Rocinante. Programação disponível em @rocinantegravadora

Confira a programação, horários e perfis em que os shows acontecerão:

16h – Nelson Angelo | @nelsonangelooficial

16h30 – Sylvio Fraga | @sylviofraga

17h – Luizinho do Jeje | @aguidavidojeje

17h30 – Ilessi | @ilessicantora

18h – Bernardo Ramos | @bernardo.ramos.br

18h30 – Rafael Macedo | @rafaelmacedomusica

19h – Letieres Leite | @letieresleite

19h30 – Marcelo Galter | @marcelo.galter

20h – Jards Macalé | @jardsmacale

20h30 – Sergio Krakovski | @skrako

21h – Erika Ribeiro | @erikaribeirobr

21h30 – Thiago Amud | @thiagoamud_oficial

https://www.picuki.com/profile/rocinantegravadora

 https://rocinante.com.br/


Festival 24h Juntos pela Música - por Gilda Portella

 Já imaginou um festival com 24h de atrações com diferentes gêneros musicais?  Sim, será um dia inteiro de música pra gente se divertir e ajudar quem precisa durante esse momento tão difícil. É neste fim de semana, começando no sábado, dia 30 de maio a partir das 12 h, e entrando pelo domingo. Irão se apresentar nomes como @mariaritaoficial@paulafernandes@ferrugem@xeniafranca @sandradesa_oficial,  @fernandatakai@marcelo_falcao@kellsmith@romeroferro, entre outros. Cada um em sua casa.

Em um formato intimista, com uma boa conversa e muita música, através da ferramenta "Live with" da plataforma, cada live terá um apresentador e artista diferente O Festival 24h Juntos Pela Música, que contará com um time de 24 apresentadores, dentre eles @luciomaurofilhooficial e @rafaelportugaloficial, é mais uma iniciativa para arrecadar doações para o fundo #JuntosPelaMúsica, uma parceria da UBC- União Brasileira de Compositores- com o @spotifybrasil que visa auxiliar os criadores que penderam sua fonte de renda na pandemia. Você já pode fazer sua doação através do endereço ubc.vc/benfeitoria. E venha passar o fim de semana a partir do meio-dia de sábado, aqui no nosso perfil do Instagram. Mais informações no nosso site. #UBCMúsica #PorQuemFazAMúsica

O festival 24h Juntos Pela Música ganhou dois importantes apoios: as rádios @jbfm.oficial e @radiocidadeoficial. Venha junto nessa! Neste sábado (30/06), a partir das 12h, começa uma maratona de entrevistas e shows ao vivo aqui no Instagram Stories da @ubcmusica em prol do fundo #JuntosPelaMúsica. Para ver a programação completa e saber como ajudar centenas de artistas que passam por dificuldades financeiras, acesse: www.ubc.org.br

O FESTIVAL

O Festival 24h Juntos Pela Música foi criado com o objetivo de arrecadar fundos para o fundo da UBC – União Brasileira dos Compositores - em parceria com o Spotify "Juntos Pela Música".

QUANDO: Das 12h de 30/05 às 12h de 31/05

ONDE: Instagram @ubcmusica

 

      

 


Festival Pineapple Rap Contra a Fome, 29 de Maio - por Gilda Portella

Atendendo os pedidos dos fãs de rap, a Pineapple Storm confirma  alguns dos mc's que se apresentarão online, nesta sexta-feira! #LivePineapple

O objetivo da live é arrecadar doações para projetos que estão prestando apoio direto a pessoas vulneráveis durante a pandemia, tais como: o Instituto Favela Cria, Vozes da Comunidade e Coral Serenata. A Pineapple também lidera um projeto social com a venda de máscaras, revertendo os lucros para iniciativas que prestam assistência a pessoas vulneráveis durante a pandemia.

A maior produtora do gênero de Rap Nacional, a Pineapple Storm confirma a data de sua LIVE/SHOW. Apresentando seus melhores hit’s musicais; a produtora carioca prepara uma noite recheada de representatividade, poesia, música e papo reto.

A união entre a marca de roupas Pineapple Supply e do Brainstorm Estudio, foi de fato um dos melhores acontecimentos da cena nos últimos anos e para a nova geração. Com pouco mais de 3 anos projetando conteúdo para o cenário nacional, o canal da produtora já alcança aproximadamente 2 bilhões de visualizações apenas em seu canal no Youtube.

Com hits de produções da Pineapple, a transmissão será gravada em uma mansão com o palco em cima da piscina. Com vozes gigantes da cena confirmadas como, DK47, Filipe Ret, Cesar MC, Xamã, Knust, Kiaz, Azzy, Delacruz e também Chris MC com versão de banda; trazendo as mais variadas reflexões entre os sucessos como, “Poesia Acústica”, “Júpiter Dayane”, “Novos Deuses”, “Poetas no Topo”, “Favela Vive” e muito mais.

Fiquem ligados e não perca, esta certamente promete ser uma das maiores lives do gênero de R.A.P em nosso país.

Serviço:

Data: sexta-feira, 29 de maio

Horário: 18h (horário de Brasilia )

Plataforma: YouTube - https://www.youtube.com/watch?v=2DUViM45_lc

Fonte https://www.jornaldorap.com.br/assista-live-pineapple-rap/ 

https://www.youtube.com/channel/UCqrFwa5vueOTzGZ7NSlnvlQ

 


Concerto da Orquestra Sesi MT e Happening de Rafaell Jonnier

Concerto da Orquestra Sesi MT e Happening de Rafaell Jonnier abrem Semana da Indústria

Sonoridades da música orquestral e muitas cores em uma obra que levará à reflexão sobre o momento atual da humanidade, a importância do trabalhador e da capacidade criativa. Isso é o que promete a apresentação única da Orquestra Sesi MT, em fusão à performance do artista plástico Rafaell Jonnier, que será transmitida ao vivo neste domingo (24.05), às 17h, pelo canal do YouTube do Sesi Mato Grosso (link).

No concerto especial, que abre a programação da Semana da Indústria, promovida pelo Sistema Federação das Indústrias no Estado de Mato Grosso (SFiemt), a orquestra irá explorar todo o seu potencial artístico nas suas três facetas: música instrumental regional com contorno contemporâneo, música vocal internacional, na exímia interpretação da cantora  AkaneIizuka, e música vocal nacional, na voz de Samara Poline – ambas com acompanhamento da Orquestra.

“Também teremos a presença da viola de cocho, pelas mãos habilidosas de Sidney Duarte, no sincretismo único entre violinos e violoncelos e a tradicional cultura regional”, informa o maestro Fernando Pereira.

Para além da música, o happening, termo surgido nas artes plásticas no fim dos anos de 1950, do artista Rafaell Jonnier, irá brindando a síntese de tons musicais com as palhetas de cores, em homenagem à indústria e sua capacidade produtiva, criativa e também cultural e artística.

A performance de Jonnier contempla a concepção de uma tela de 1,5m x 2m, que estará posicionada estrategicamente atrás da orquestra. “A inspiração para a obra virá da indústria, da força do trabalhador, em uma mensagem positiva e agregadora”, destaca o artista, ressaltando que para expressar sua criatividade utilizará técnicas e materiais diversos com spray, tinta acrílica e pincel.

A obra, que levará o público a interpretações e pensamentos otimistas, bem como a apreciação da arte, será concebida em 1 hora.

O artista

Rafael Jonnier, artista, empreendedor e graduado em Design de interiores. Nascido em Cáceres (MT), fez seu nome produzindo personagens icônicos, tais como o Pescador de Sonhos e a Princesinha do Rio. Suas obras são repletas de ludicidade com algumas representações figurativas que trazem informações de familiaridade, peculiaridade, pertencimento e identidade com a região onde nasceu.

Em 2018, Jonnier consagrou carreira internacional com sua exposição solo “Origins” tendo como inspiração Amsterdam, cidade que o recebeu como morador. Atualmente, exibe seu mais recente projeto: “Reinno em Evolução”.  Suas obras expressam a maturidade de um artista experiente, contemporâneo e que valoriza suas raízes.

A Orquestra Sesi MT

Composta por 20 músicos e instrumentistas, foi criada em 2019 e é a primeira orquestra de Câmara profissional do Estado. A formação conta com profissionais que atuam na educação musical e integram o quadro de professores do Sesi Escola. Violinos, violoncelos, viola de arco, percussão, canto e viola de cocho integram a formação.

Este espetáculo iniciará com mais um vídeo da série “Sons da Indústria” - uma composição única entre sons e imagens, produzida pela Orquestra, cuja fotografia indústria revela toda poética do trabalho nas empresas e seus sons - que para além de meros ruídos - é uma verdadeira ecologia sonora da vida.

Semana da Indústria

O evento com transmissão online, que ocorre de 24 a 28 de maio, reunirá especialistas e pesquisadores, como o escritor e professor Augusto Cury, a presidente da Falconi Brasil, Viviane Martins, e o pesquisador e presidente do Instituto Locomotiva, Renato Meirelles.

“Falaremos do novo comportamento do consumidor, novas tendências, e exemplos práticos de ajustes já feitos em diversas companhias pelo mundo. Será uma semana rica pra todos que quiserem entender como deve ser nosso futuro”, enfatiza o presidente do Sistema Fiemt, Gustavo de Oliveira.


Programação 22 a 25 de Maio -

Salva esse post pra não perder nenhuma #live

Esperamos você todos os dias, às 21h30, no YouTube, Facebook e na plataforma: 

www.culturaemcasa.com.br

Não pode faltar música na quarentena. Olha o que vem por aí no Festival 

#CulturaEmCasa

Assista às lives no YouTube, no Facebook e na plataforma: 

www.culturaemcasa.com.br

Segue a Programação SESCSP 

Pra você que está #EmCasaComSesc se manter por dentro de toda a programação que acontece todos os dias nos nossos canais no Youtube e Instagram, olha só o que rola neste fim de semana.

Tem debates, música, teatro e até uma programação especial para crianças!

Acompanhe as redes do Sesc São Paulo para receber sempre em primeira mão a agenda de atrações de cada semana, e acompanhe no youtube.com/sescsp e instagram.com/sescaovivo

 
Veja a programação 
 

Stonehenge: solstício de verão será transmitido ao vivo

Assista ao solstício de verão AO VIVO de Stonehenge, onde quer que esteja no mundo!

Não podemos recebê-lo pessoalmente este ano por causa das medidas em vigor para combater o coronavírus - mas nossa cobertura ao vivo do pôr do sol e do nascer do sol significa que você não perderá um momento desta ocasião especial.

Nossas câmeras capturam as melhores vistas de Stonehenge, permitindo que você se conecte com este lugar espiritual a partir do conforto de sua própria casa.

Por favor, para ajudar a manter todos em segurança, não viaje para Stonehenge para o solstício de verão deste ano. Esperamos recebê-lo pessoalmente no evento do próximo ano.

O solstício de verão é tão especial ali justamente por causa da disposição das pedras, pois o Sol nasce alinhado perfeitamente com a pedra principal, proporcionando um belo espetáculo. O fenômeno se repete em dezembro, quando começa o solstício de inverno por lá. E, neste ano de 2020, você poderá assistir ao solstício de verão em Stonehenge ao vivo no Facebook e no YouTube da English Heritage.

A QUE HORAS VOCÊ VAI VER?

Transmitiremos o pôr do sol no sábado, 20 de junho, e o nascer do sol, no domingo, 21 de junho. O pôr do sol é às 21:26 BST (20:26 GMT) e o nascer do sol é às 04:52 BST (03:52 GMT). Estaremos no ar por pelo menos 30 minutos antes e anunciaremos nossa programação completa em breve.

Este amanhecer mais do que especial acontece no dia 21 de junho (um domingo), mas a transmissão já começa no sábado (20 de junho) a partir das 17h26 (horário de Brasília), com o pôr do Sol. Poderemos ver o Sol nascendo em Stonehenge na madrugada de sábado para domingo (21), às 00h52 (horário de Brasília).

COMO ASSISTIR?

Verifique se você está seguindo nossa página no Facebook para receber uma notificação quando formos ao ar. Você também pode tocar em "Obter lembrete" nas postagens que compartilharemos com antecedência para garantir que você se junte a nós em tempo suficiente.

POSSO ASSISTIR FORA DO REINO UNIDO?

Sim! Você não precisa estar no Reino Unido para aproveitar o solstício de verão deste ano. Com a nossa transmissão ao vivo, você pode assistir de qualquer lugar do mundo.

Serei capaz de assistir outra hora?

Salvaremos nossas transmissões ao vivo como vídeos em nossa página no Facebook para que você possa assistir novamente ou acompanhar os episódios perdidos posteriormente.

https://www.facebook.com/events/581183132524229/

Com uma história que abrange 4,500 anos Stonehenge tem muitos significados diferentes para as pessoas hoje - a única coisa que é certa, é que é uma verdadeira maravilha do mundo, um lugar espiritual e uma fonte de inspiração. Descubra mais sobre o significado deste Património Mundial  https://eht.social/2JwX9Mw

Fontes:

https://www.facebook.com/pg/StonehengeEH/about/?ref=page_internal

https://canaltech.com.br/curiosidades/stonehenge-solsticio-de-verao-sera-transmitido-ao-vivo-pela-1a-vez-na-historia-164960/

 


Espetáculos nacionais da MITsp online

Tem dica boa para quem ama teatro! Quatro espetáculos nacionais da MITsp 2020 (Mostra Internacional de Teatro de SP) serão exibidos online e na íntegra. São peças de vários lugares do Brasil que tiveram suas sessões canceladas por conta do fechamento dos equipamentos culturais devido à pandemia de coronavírus.

Para completar a boa notícia, os artistas e a equipe envolvidas nessas montagens participam de lives para falar sobre seus processos criativos. As conversas são mediadas pelos curadores da MITbr – Plataforma Brasil Alejandro Ahmed, Grace Passô e Francis Wilker.

As atividades acontecem em diferentes momentos, por isso, ATENÇÃO!

As peças ficam disponíveis no YouTube da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo (clique aqui para acessarentre os dias 22 e 28 de maio. Já as lives ocorrem entre 21 e 31 de maio nas redes sociais dos teatros municipais (confira abaixo).

Conheça os espetáculos em cartaz na MITsp online

Em “Cancioneiro Terminal”, o grupo MEXA (SP) explora um acervo de fotos e vídeos produzidos sobre si. Os atores e atrizes se relacionam com as imagens e se perguntam com quais delas gostariam de contar a história do seu presente. A cada performance, o coletivo reencena e edita em tempo real um novo filme, por meio de exercícios de tradução e dublagem.
Duração: 80 minutos
Classificação: 12 anos

 
 

No espetáculo “Entrelinhas”, o Coletivo Ponto Art (BA) evidencia como a voz da mulher negra é historicamente silenciada dentro de uma sociedade opressora, machista e de mentalidade escravocrata. A coreógrafa e intérprete Jaqueline Elesbão costura uma narrativa essencialmente visual, quase sem palavras.
Duração: 35 minutos
Classificação: 18 anos

O solo “Recolon”, do Coletivo Mona (AM), é inspirado nos impactos ambientais e humanos causados pelas construções de usinas hidrelétricas na bacia do Rio Madeira, em Rondônia. O artista Leonardo Scantbelruy manipula elementos simbólicos e regionais para investigar a vida na Amazônia, marcada por ciclos de colonização.
Duração: 50 minutos
Classificação: 12 anos

Já em “tReta”, o grupo Original Bomber Crew (PI) expõe as várias “tretas” enfrentadas diariamente por jovens periféricos, refugiados e minorias em geral, como as relacionadas à política, ao patriarcado, ao colonialismo e às batalhas de breaking que geram embates pela sobrevivência.
Duração: 60 minutos
Classificação: 16 amos

 

Agenda de lives com os coletivos

Dois espetáculos que não serão exibidos online farão lives sobre as pesquisas que nortearam a construção de seus trabalhos. São eles “ZOO”, do grupo Macaquinhos,  e “violento.”, de Preto Amparo, Alexandre de Sena, Grazi Medrado e Pablo Bernardo.

Lives “Entrelinhas”: 21 e 22 de maio, às 20h
Convidada: Grace Passô
Onde assistir: redes sociais do Teatro Cacilda Becker / @teatrocacildabecker

Lives “tReta”: 22 de maio, às 21h, e 24 de maio, às 19h
Convidado: Alejandro Ahmed
Onde assistir: redes sociais do Teatro Arthur de Azevedo / @teatroarthurazevedosp

Lives “ZOO”: 23 de maio, às 21h, e 24 de maio, às 18h
Convidado: Alejandro Ahmed
Onde assistir: redes sociais do Teatro João Caetano / @teatrojoaocaetanosp

Lives “Cancioneiro Terminal”: 26 e 28 de maio, às 19h
Convidado: Francis Wilker
Onde assistir: redes sociais da Biblioteca Mário de Andrade / @bibliotecamariodeandrade

Live “violento.”: 29 de maio, às 21h
Convidada: Grace Passô
Onde assistir: redes sociais do Teatro Alfredo Mesquita / @teatroalfredomesquita

Lives “Recolon”: 30 de maio, às 21h, e 31 de maio, às 19h
Convidado: Francis Wilker
Onde assistir: redes sociais do Teatro Paulo Eiró / @teatropauloeirosp

fonte : https://catracalivre.com.br/agenda/mitsp-2020-mostra-internacional-de-teatro-de-sao-paulo-online-quarentena/

 


Festival Online de Animação "Monstra" 25 a 31 de Maio 2020

Chama-se “Monstra em Casa” e será a versão do Festival de Animação de Lisboa para 2020. Depois do adiamento do "Monstra", os programadores não quiseram de deixar de celebrar os 20 anos deste festival e prepararam uma edição online que vai decorrer de 25 a 31 de maio, com 169 filmes e seis “masterclasses”.


Ao longo de sete dias, vão ser exibidos 169 filmes em 12 sessões e vão realizar-se seis "masterclasses". De acordo com o comunicado divulgado, as competições de Curtas, Curtíssimas (filmes até 2 minutos), Estudantes e a competição Portuguesa serão exibidas através da plataforma Kinow.


Segundo o diretor artístico do festival, a “Monstra em Casa é uma partilha, um encontro, um festival de cinema de animação que decorre na casa de todos.” Para Fernando Galrito, esta formula “é uma outra forma de comemorarmos os 20 anos” e de assim levar “os mais recentes e melhores filmes de animação” ao público.
Para o final de setembro, está agendada a edição do "Monstra" que foi adiada. Por isso, Galrito explica que o Monstra em Casa é “a primeira parte” do festival que, esperam possa decorrer nas salas de cinema em setembro.

Confira a programação completa na página.
https://monstrafestival.com/pt/film-festival/ 

O que vai poder ver na "Monstra em Casa"

Filmes como “Tio Tomás –-A Contabilidade dos dias”, de Regina Pessoa, “O Rapaz Roxo”, de Alexandre Siqueira, “A Mãe de Sangue” de Vier Nev, “O Peculiar Crime do Estranho Sr.Jacinto” de Bruno Caetano, “Assim mas sem ser assim”, de Pedro Brito, “Maré”, de Joana Rosa Bragança, e “Ode à infância”, de João Monteiro e Luís Vital são alguns filmes de animação em cartaz para ver em casa

Agendadas estão também seis "masterclasses" com mestres da animação mundial, entre os quais o realizador alemão Raimund Krumme, o brasileiro Arnaldo Galvão e o norte-americano Ed Hooks.
Paralelamente, nos dias 30 e 31 de maio, entre as 8h e as 13h, a RTP2 vai exibir filmes para os mais novos programados pelo festival. Ao todo são 10 horas de animação.
Nos últimos vinte anos o festival Monstra já somou um milhão de espectadores, metade dos quais crianças e jovens, e já exibiu mais de 15 mil filmes.

https://www.e- fonte: cultura.pt/artigo/25923


COLÓQUIO VIRTUAL GEOGRAFIAS NEGRAS

 

Entre os dias 25 e 29 de maio de 2020 realizaremos o Colóquio Virtual Geografias Negras. Esse evento foi pensando como um desdobramento da publicação do Dossiê Geografias Negras na Revista da ABPN (Abril, 2020), como um espaço para discutirmos as questões relativas ao povo negro a partir de uma perspectiva geográfica. O evento ocorrerá virtualmente (pela plataforma Google Meet), informações e o link de cada atividade serão divulgados no Instagram Geografias Negras e outros meios a cada dia.
Que tenhamos um bom evento! Fique em casa, se puder.

Asè

Comissão Organizadora:
Aline Neves - UFMG
Diogo Cirqueira -UFF
Geny F. Guimarães - UFRRJ
Lorena Souza - UEG
Mariza Santos- UFG

25 de maio, 18h-20h

Palavras para abertura

GEOGRAFIAS NEGRAS NO ESPAÇO
Mediação - Lorena Souza
GEO-GRAFIAS NEGRAS & GEOGRAFIAS NEGRAS
Geny Ferreira Guimarães
A TEMÁTICA RACIAL NAS TESES E DISSERTAÇÕES DEFENDIDAS EM PROGRAMAS DE PÓS-GRADUAÇÃO EM GEOGRAFIA NO BRASIL (1987-2018)
Mariza Fernandes dos Santos
A DIMENSÃO RACIAL NAS POLÍTICAS URBANAS E HABITACIONAIS
Fabiana Cristina da Luz
DIVERSIDADE ECONÔMICA E GEOGRAFIA NEGRA
Priscilla Pinto Ferreira Vaz

26 de maio – 18h ás 20h
GEOGRAFIA HISTÓRICA E PENSAMENTO GEOGRÁFICO NEGRO
Mediação - Mariza Santos
PANORAMA GEOHISTÓRICO DOS QUILOMBOS NO BRASIL: NOTAS PARA (RE)PENSAR A FORMAÇÃO TERRITORIAL BRASILEIRA
Gabriel Fortunato
A LEI DOS SEXAGENÁRIOS COMO ESTRATÉGIA PARA MANUTENÇÃO DA PRECARIEDADE SOCIOESPACIAL NO BRASIL
Julio Cesar Costa Manoel
A HERANÇA DO COMÉRCIO DA ÁFRICA PRÉ-COLONIAL NAS PRÁTICAS COMERCIAIS EM SALVADOR E NO RIO DE JANEIRO: CONTINUIDADES E RUPTURAS
Vítor Henrique Guimarães Lima
ÁFRICA VISTA POR UM NEGRO BAIANO: NOTAS ACERCA DAS LEITURAS DE MILTON SANTOS SOBRE ÁFRICA
Diogo Marçal Cirqueira

27 de maio – 18h às 20h
DESCOLONIZADO A GEOGRAFIA, ENEGRECENDO A GEOGRAFIA
Mediação - Aline Neves
QUESTÕES ACERCA DO GENOCÍDIO NEGRO NO BRASIL
Denilson Araújo de Oliveira
TERRITÓRIO EXISTENCIAL AFROBOLIVIANO OU UMA CONCEPÇÃO TOCAÑERA DA PACHAMAMA
Luis Reyes Escate
APRENDENDO COM A COMUNIDADE-TERREIRO EM PALMAS-TO NA LUTA ANTIRRACISTA
Rosemberg Lopes Ferracini

28 de maio – 18h às 20h
GEOGRAFIAS DAS RE-EXISTÊNCIAS NEGRAS
Mediação - Diogo Cirqueira
COMUNIDADE QUILOMBOLA DONA JUSCELINA: A FESTA 13 DE MAIO NUMA APROXIMAÇÃO SEMIÓTICA DO ESPAÇO
Izarete da Silva de Oliveira, Elias da Silva, Kênia Gonçalves Costa
TECNOLOGIAS SOCIAIS NO TERRITÓRIO COMUM: ARTICULAÇÃO INSTITUCIONAL E INCLUSÃO SOCIAL NO QUILOMBO GROTÃO
Vinicius Gomes de Aguiar, Dernival Venâncio Ramos Junior, Kênia Gonçalves Costa, Felipe Eduardo Lopes Oliveira
RACISMO E REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA DOS TERRITÓRIOS DAS COMUNIDADES QUILOMBOLAS DA BAHIA
Paula Regina de Oliveira Cordeiro

29 de maio – 18h às 20h
POR UMA GEOGRAFIA ESCOLAR ANTI-RACISTA
Mediação - Geny F. Guimarães
A GEOGRAFIA ESCOLAR E O ENSINO DAS RELAÇÕES ÉTNICO-RACIAIS: APONTAMENTOS A PARTIR DO CURRÍCULO REFERÊNCIA DO ESTADO DE GOIÁS
Lorena Francisco de Souza, Camila da Conceição Reis Santos
DESAFIOS PARA A IMPLEMENTAÇÃO DE UMA EDUCAÇÃO ANTIRRACISTA NO ENSINO DE GEOGRAFIA: OS CONFLITOS NA PRÁTICA COTIDIANA DE PROFESSORAS(ES)
Renato Emerson N. dos Santos, Ronald Coutinho Santos
EDUCAÇÃO TRADICIONAL AFRICANA E LEI 10.639/03: EM BUSCA DE DIÁLOGOS ENTRE BENIN E BRASIL
Geraldo Braga Júnior


Festival MARSHA ate 22 de Maio por Gilda Portella

1° Festival LGBT Online produzido por pessoas trans! Cultura, arte, informação, representatividade e solidariedade. Coletividade MARSHA! é um movimento sobre restituição e prosperidade da VIDA transgênera! linktr.ee/FestivalMARSHA

Do dia 18 ao 22 de maio, a Coletividade MARSHA! e o CCSP (http://centrocultural.sp.gov.br/)  juntaram um time de PESO pra colorir a sua quarentena com o melhor da arte e cultura LGBT. O Festival MARSHA! Entra na Sala vai trazer mais de 30 horas de programação com a participação de Laerte, Djamila Ribeiro, Preta Gil, Manjur e muito mais representatividade e alianças com diferentes visões de mundo para agregar, além de entretenimento e discussões pertinentes ao contexto do mundo em que vivemos. 

As transmissões acontecem pelo canal no You Tube(https://www.youtube.com/user/erickkkh) e pelo Instagram do CCSP e do Festival Marsha! Entra na Sala

E o bacana é que as lives envolvem shows, performances, DJ sets, oficinas e conversas.Se você perdeu alguma live, não precisa se desesperar. Fica tudo disponível no canal do Youtube do festival, inclusive as atrações da primeira edição do festival LGBT online. Corre lá para saber o que rolou

Assim como na primeira edição, que aconteceu em abril, o evento também busca arrecadar capital e auxílio para a população transgênera em tempos de pandemia.

Por meio de um financiamento coletivo, o MARSHA! ENTRA NA SALA conseguiu levantar R$ 38 mil, valor que foi revertido em cestas básicas e subsídios. O festival é promovido pela MARSHA!, coletividade sociocultural cujo nome é uma homenagem a Marsha P. Jhonson, mulher trans líder da revolta de Stonewall e ícone da resistência LGBT no mundo todo.

O grupo promove ações afirmativas para a população Transgênera desde 2018 na cidade de São Paulo.

 

Programação

18/5 
15h
 Abertura 
16h TALK LGBT & Alianças com Majur & Preta Gil 
17h 
TALK Moda e Mundo Sob uma Nova Perspectiva com Dudu Bertholini & Lea T 
18h OFICINA Linguagem Corporal com Casa de Candaces
19h
 PERFORMER SET JULIAN 
19h30 DJ SET KIARA FELIPPE 
20h30 SHOW JUP DO BAIRRO 

19/5  

15h30 Abertura 
16h TALK Economia Afetiva com Vicenta Perrotta & Jackson Araújo
17h 
OFICINA Belezas Possíveis com Magô Tonhon
18h
 PERFORMANCE AUN HELDEN 
18h30
 PERFORMANCE AORUAURA 
19h
 DJ SET LAS BIBAS FROM VIZCAYA
20h 
SHOW NOPORN

20/5 
15h30 Abertura 
16h TALK Humor & Política com Marina Mathey & Laerte Coutinho
17h 
TALK Curadoria Não-Hegemônica com Diran Castro & Monique Dardenne 
18h 
OFICINA Looks para o Pós-Apocalypse com Vicenta Perrotta
19h 
PERFORMANCE TRINITAS
19h30
 PERFORMANCE DUDA DELLO RUSSO 
20h
 DJ SET GENI & CHEROLAINNE (PE) 
21h
 SHOW KAYA CONKY

21/5  
15h30
 Abertura
16h TALK Tecnologias de Vida com Manauara Clandestina & Léo Kret do Brasil
17h 
TALK Acesso para Quem? com Anita Silva & Dudu Bertholini
18h 
OFICINA Música Experimental com Novíssimo Edgar 
18h30 PERFORMANCE PERLLA RANNIELLY
19h
 PERFORMANCE MÁRCIA PANTERA
19h30 
DJ SET BADSISTA 
20h30 
SHOW DANNA LISBOA 

22/5  
15h30 
Abertura
16h TALK Feminismo Interseccional & Negritude com Ana Flor Fernandes & Djamila Ribeiro 
17h 
TALK Nascimento do Movimento Social de Travestis com Maria Clara Araújo e Jovanna Baby
18h
 OFICINA Afroempreendedorismo na Era Digital com Igi Lola Ayedun
19h 
PERFORMER SET SANNI EST
19h40 
PERFORMER SET LÖIC
20h
 DJ SET SASHA VILELA 
21h
 SHOW PEPIPA

http://centrocultural.sp.gov.br/2020/05/15/festival-marsha-ccsp/


Live 20 de Maio 14 h - Direito Antidiscriminatório

 

“Responsabilidade criminal e cível perante o racismo”. IMPERDÍVEL!, amanhã às 14h, terá live no Instagram da Comissão de Igualdade Racial @comissaoigualdaderacial.oabmt,  com a presença do  Dr. Bruno Cândido (@candidoadvocaciaa), uma grandes referências em âmbito nacional do direito anti discriminatório e Presidente da Comissão de Igualdade Racial da ABRACRIM-RJ, que debaterá com a Vice-presidente da CDIR- OAB.MT a Dra. Naryanne Ramos (@naryanneramos_advogada), o tema da Responsabilidade Criminal perante o racismo.

 

Naryanne Cristina Ramos Souza, é advogada, Vice-presidente da Comissão em Defesa da Igualdade Racial OAB. MT, pós-graduanda em Direito Previdenciário e Gestão Pública.
Natural de Vila Bela da Santíssima Trindade  é militante do movimento negro, com atuação voltada para garantia de direito às Mulheres Negras e Quilombolas, realiza palestras e rodas de conversas na educação básica infantil, ensino médio e superior. Sócia do escritório Ormond & Ramos Advocacia e Assessoria, atuante na área trabalhista, previdenciária e direito antidiscriminatório.

“A advocacia é essencial à justiça, a orientação é voltada contra discriminação racial que recai sobre a população negra diariamente, acarretando a desigualdade em todos os viés da sociedade. Ter uma orientação jurídica sobre a responsabilidade criminal e civil perante o racismo é uma forma de superar o racismo estrutural que permeia a sociedade” afirma Naryanne Ramos

 

Bruno Cândido, advogado Criminal e Antidiscriminatório, Presidente da Comissão de Igualdade Racial da Associação Brasileira de Advocacia Criminal, regional Rio de Janeiro; Presidente da Comissão de Igualdade Racial da Subseção de Nilópolis-RJ. Sócio do escritório Cândido Advocacia -,RJ

Em meio à crise provocada pela pandemia do Coronavírus, o escritório Cândido Advocacia, gerenciado por profissionais negros do Direito, oferece gratuitamente orientação jurídica via internet para a população negra e periférica, grupo mais atingido pelos efeitos da pandemia.

As orientações são voltadas para questões como discriminação racial, violência doméstica, direitos trabalhistas e do consumidor, que têm se intensificado durante o período da pandemia. O atendimento se restringe a novos processos, com exceção de casos que envolvam a liberdade de pessoas e o risco à vida.

A iniciativa visa contribuir com as medidas de distanciamento social adotadas pelos governos estaduais e para proteger os grupos socialmente vulneráveis. As pessoas interessadas na orientação jurídica podem entrar em contato via Instagram ou pelo WhatsApp (21) 99819-6212

 


CINE ÁFRICA EM CASA por Gilda Portella

CINE ÁFRICA | EM CASA

Vamos ver filmes africanos em casa durante o isolamento social?

Enquanto não podemos voltar a encher as salas de cinema com o público incrível, a Mostra de Cinemas Africanos ativar o  cineclube Cine África em Casa para uma versão de bate-papos virtuais.

Entre os meses de maio e julho, o Cine África terá 9 filmes africanos e promoverá encontros online com pesquisadores convidados de várias partes do Brasil. A ideia sempre é aumentar o repertório de filmes africanos aqui no país.

Se você quer conhecer mais filmes realizados na África, tem que inscrever para receber os links dos filmes e dos  encontros virtuais. Clique no botão abaixo para acessar todas as informações e para realizar a inscrição.

Dúvidas? Escreve pra gente: [email protected]

SOBRE A MOSTRA DE CINEMAS AFRICANOS

Com curadoria de Ana Camila Esteves (Brasil) e Beatriz Leal Riesco (Espanha), a Mostra de Cinemas Africanos reúne filmes de curta e de longa-metragem dos cinemas africanos contemporâneos, muitos inéditos no Brasil. O recorte curatorial atende à demanda por proporcionar espaços  de exibição no Brasil de filmes recentes produzidos na África e sua diáspora nos últimos cinco anos, bem como promove o contato do público com as estéticas e narrativas presentes nesta cinematografia ainda muito desconhecida do público brasileiro.

Nas edições já realizadas desde 2018, a Mostra exibiu filmes dirigidos por cineastas de países como Senegal, Sudão, África do Sul, Nigéria, Burkina Faso, Quênia, Tunísia, Marrocos e Egito, entre outros, além de produções em territórios afrodiaspóricos como França e Cuba, protagonizadas por sujeitos africanos e afrodescendentes. Os filmes variam entre ficção e documentário e oferecem uma chance rara ao público brasileiro de criar repertório sobre uma cinematografia vibrante e diversa em temáticas, paisagens e estéticas.

As curadoras acompanham as trajetórias dos filmes africanos nos mais importantes festivais de cinema do mundo, como Cannes, Berlinale, Toronto, Veneza, Rotterdam e Fespaco (este o maior festival de cinemas africanos na África, em Burkina Faso), e trazem para o Brasil os títulos de maior interesse que estiveram em exibição ou em competição.

O Cine África é um cineclube que tem como principal objetivo difundir a produção audiovisual realizada no continente africano. O "Cine África | Em Casa", permite que continue a aumentar o repertório do público brasileiro de filmes de cineastas africanos(as). O Cine África terá três sessões por mês em formato digital: primeiro assiste-se ao filme, cada um na sua casa, e depois se reúne virtualmente para um bate-papo com convidados.

Como funciona?
1) Após a inscrição, O Cine África envia por e-mail um link temporário de acesso ao filme legendado em português. O link estará disponível uma semana antes do bate-papo, assim dá tempo de você assistir;
2) No mesmo e-mail O Cine África envia o link de acesso ao bate-papo virtual, que acontecerá nas datas e horários marcados de acordo com a nossa programação, além de todas as instruções necessárias;
3) No caso de o filme estar disponível em alguma plataforma de streaming, será indicado onde você poderá assistir;

Confira abaixo na programação a data de envio dos links de cada filme.

As sessões acontecem sempre aos sábados (os três últimos de cada mês) e sempre às 16h.

http://mostradecinemasafricanos.com/?fbclid=IwAR3fbxZzkmutV1CtAXG9uZ98i44QfTZtVK2eck9G_oEGWolplqmY19o-D9c



PROGRAMAÇÃO COMPLETA:

MAIO
16- “Mossane”, de Safi Faye (Senegal,1996)
Convidada: Evelyn Sacramento
(envio do link até o dia 10) 

23- “Moolaadé”, de Ousmane Sembène (Senegal, 2004)
Convidado: Márcio Paim
(envio do link até o dia 17)

30- “Sambizanga”, de Sarah Maldoror (Angola, 1972)
Convidada: Renata Dariva
(envio do link até o dia 24)

JUNHO
13- “Inxeba”, de John Trengove (África do Sul, 2017)
Convidado: Lecco França
(envio do link até o dia 7)

20- “Lionheart”, de Genevieve Nnaji (Nigéria, 2018)
Convidada: Marina Gonzaga
(filme disponível na Netflix)

27- “Yeleen”, de Souleymane Cissé (Mali, 1987)
Convidada: Janaína Oliveira
(envio do link até o dia 21)

JULHO
11- “Félicité”, de Alain Gomis (Senegal, 2017)
Convidada: Maíra Zenun
(envio do link até o dia 5)

18- “Ceddo”, de Ousmane Sembène (Senegal, 1977)
Convidado: Detoubab Ndiaye
(envio do link até o dia 12)

25- “Heremakono”, de Abderrahmane Sissako (Mauritânia, 2002)
Convidada: Hannah Serrat
(envio do link até dia 19)

E aí, quer participar? Então, fica em casa e se inscreve aqui! 

https://docs.google.com/forms/d/1a7xsY4xfIqlfKH5X1T2CNKlH9ER8k5ainXMImbP_OcE/viewform?edit_requested=true

O Cine África é uma realização da Mostra de Cinemas Africanos, em parceria com o Circuito Saladearte, sob a coordenação de Ana Camila Esteves, Jusciele Oliveira e Morgana Gama

A sua inscrição aqui é automática para a nossa newsletter, de acordo com as suas preferências de datas e de privacidade. É por lá que enviaremos os links dos filmes e das reuniões virtuais, além de informações sobre o universo dos cinemas africanos.

Fique atentx para o endereço <[email protected]>, ele é o remetente dos nossos e-mail para você. Adicione aos seus endereços confiáveis.

IMPORTANTE:
Os links dos filmes serão enviados no domingo anterior aos encontros virtuais. Somente os inscritos até estes respectivos dias receberão o link do filme da semana POR E-MAIL. Se os novos inscritos quiserem ainda assim ver o filme durante o período em que estará disponível online, podem acessar a nossa newsletter, onde armazenamos todos os e-mail enviados semanalmente: https://cineafrica.substack.com/

*** Lembrando que cada link fica disponível somente por uma semana, a não ser que já esteja hospedado no YouTube ou na Netflix.

Dúvidas: [email protected]

 


MuseumWeek é um megafestival mundial online

MuseumWeek é um megafestival mundial de instituições culturais em todo o mundo  apresenta sete temas de forma 100% digital

Desde 2014, o MuseumWeek cresceu para incluir mais de 60.000 participantes de mais de 100 países. Tornou-se o primeiro evento cultural mundial e virtual no Facebook, Instagram, Twitter, Weibo, WeChat e VKontakte.

Até o dia 17 de maio, importantes museus, galerias, bibliotecas e arquivos ao redor do mundo participam da MuseumWeek, evento digital que este ano celebra a importância da união. 

Com cada dia dedicado a um tema, a ideia  é que as instituições norteiem suas publicações nas redes sociais com base em determinadas hashtags.

Neste momento em que cerca de metade da população global está confinada, a iniciativa também homenageia os profissionais que estão na linha de frente na luta contra Covid-19, por meio da campanha #HeroesMW.

Além disso, o público é convidado a recriar obras de arte com objetos que tenham em casa utilizando a hashtag #CultureInQuarantineMW.

Na programação semanal também está incluída a hashtag #MuseumMomentsMW, para as organizações relembraram importantes exposições e atividades. Há também espaço para a reflexão sobre as mudanças climáticas (#climateMW) e o papel da tecnologia na hora de criar laços (#technologyMW).

E as ações não param por aí! Utilizando a hashtag #togetherMW, as instituições fazem um tributo à coletividade e aos esforços conjuntos. Por fim, os participantes são convidados a compartilhar seus projetos e planos para construir um futuro melhor (#dreamsMW).

https://www.facebook.com/MuseumWeekOfficial/

Programação dos dias 15 a 17 de Maio 

 

Ações do Museu do Ipiranga

Até domingo, 17 de maio, o Museu do Ipiranga e muitas outras instituições ao redor do mundo participam da MuseumWeek, campanha digital internacional criada em 2014 para unir a comunidade cultural internacional e engajar o público a conhecer mais dos acervos das instituições participantes através das mídias sociais. O tema geral deste ano é "União" (no original, "Togetherness"), e o Museu do Ipiranga elegeu uma temática para cada dia da semana.

Em suas postagens, o público vai conhecer, por exemplo, as tecnologias utilizadas para fazer o restauro e a manutenção do acervo.

E, um dia após o encerramento do evento, o museu realiza uma live sobre suas ações digitais em parceria com o Wiki Movimento Brasil. Será no dia 18 de maio, Dia Internacional dos Museus, às 15h, pelos canais do Facebook e Instagram.

  Acompanhe   #MuseumWeek2020 #HeroesMW #CultureinQuarantineMW #TogetherMW #MuseumMomentsMW #climateMW #TechnologyMW #DreamsMW

 Release MuseumWeek

MUSEUMWEEK 2020 -11 a 17 de maio 

Apoio: UNESCO – EUROPA NOSTRA. Parceiros TALKWALKER – BUFFER 

De 11 a 17 de maio acontece a sétima edição da MuseumWeek 2020, o primeiro festival internacional dedicado às instituições nas mídias sociais. 

No atual cenário é fundamental que possamos estar juntos, mesmo se fisicamente distantes. Conectada, a comunidade cultural internacional pode trazer felicidade e união no momento em que isso é mais necessário. Muitos nos perguntaram se a MuseumWeek 2020 iria m esmo acontecer, quando uma crise de saúde sem precedentes se abateu sobre a humanidade. Após muita deliberação, decidimos manter a data do evento, ajustando o foco das hashtags para que elas incorporassem a realidade da atual conjuntura. Isso porque agora, mais do que nunca, é importante que nos sintamos plenamente conectados. 

Neste momento, cerca de meta de da população global está confinada. Nossos pensamentos estão com todas as pessoas afetadas p ela doença e com seus entes queridos. Estão também com aqueles e aquelas na linha de frente, que trabalham incessantemente tratando os doentes, e ainda com as pessoas que garantem o funcionamento dos serviços essenciais. Sabemos que, unidas, nossas sociedades podem se recuperar e por isso nossa gratidão e estímulo se estende m a todos os indivíduos que estão lá fora, lutando contra o covid-19. 

No início do ano, adotamos “união” [no original “togetherness”] como tema geral da MuseumWeek 2020. Agora, ele se tornou ainda mais relevante. A humanidade só poderá enfrentar os desafios do século XXI se estiver unida. 

A prosperidade do planeta, dos indivíduos e das sociedades está ameaçada. A crise na saúde, em função do coronavirus, fortalece u nosso desejo de divulgar amplamente esta mensagem e de trabalhar a MuseumWeek para que ela possa prestar apoio às populações em confinamento e a todos os que estão lutando contra a pandemia.

 https://www.facebook.com/MuseumWeekOfficial/


Tranças e Show Musical com Shirley Black 13 de Maio

SHOW BLACK |  SHIRLEY BLACK | MÚSICA | CUIABÁ
.
Black – É um show musical com letras de Shirley Black e do ator e Poeta Vini Hoffmann, além de musicas da cultura africana, cantadas em Changana, Nômade e Machopé (línguas maternas de Moçambique). Com uma intervenção documental de tranças afro-brasileiras com a trancista Rosangela MegaHair. Intervenção essa que tem como objetivo, trazer ao publico a importância desses penteados para cultura negra, além de reforçar o embelezamento através do protagonismo negro com a maquiagem feita por Shirley Black, já que a cantora também é trancista e maquiadora. .
DATA: 13/05
HORÁRIO: 20 h de Brasília  21 h horário Local - Cuiabá
CLASSIFICAÇÃO: LIVRE
.
ASSISTA EM: 
FACEBOOK / @eushirleyy
INSTAGRAM / @eushirleyy
YOUTUBE / @ShirleyBlack
 
#festivalculturaemcasa #secelmt #cultural #fiqueemcasa #vemsermaissolidario #shirley #shirleyblack #showblack
 
 
 

No Dia Internacional da Enfermagem (12/05), trabalhadores de Cuiabá homenageiam profissionais e denunciam governos

No Dia Internacional da Enfermagem (12/05), trabalhadores de Cuiabá homenageiam profissionais e denunciam governos

A morte de cada um dos enfermeiros brasileiros que atuavam na linha de frente do combate ao coronavírus importa. Em menos de dois meses, o país já perdeu noventa e oito profissionais, mais do que Espanha e Itália juntos. Não foi por acaso. Os governos neoliberais que promoveram sucessivos cortes de recursos, entre outras políticas voltadas à privatização da saúde pública são os grandes responsáveis por essas perdas. E essa será a denúncia de trabalhadores de Cuiabá organizados na Frente Popular em Defesa dos Serviços Públicos e de Solidariedade ao Enfrentamento da Covid-19 nessa terça-feira, 12/05, Dia Internacional da Enfermagem.

 Em abril, Mato Grosso também registrou a morte de um enfermeiro. Athaíde Celestino da Silva, de 63 anos, faleceu em decorrência da Covid-19 após 37 dias de internação. O 37 também marca os anos de dedicação do servidor à Saúde Pública. Segundo o Conselho Federal de Enfermagem (Cofen), outros 106 profissionais da Enfermagem estão infectados no estado; no Brasil, já são cerca de 13 mil (acompanhe aqui a atualização do Confen).

 Como não poderia deixar de ser, o ato dessa terça-feira - em defesa da vida, do Sistema Único de Saúde (SUS) e em homenagem aos profissionais da Enfermagem - será realizado sem aglomeração. A partir das 8h, na Prainha, próximo ao Morro da Luz, região central de Cuiabá, os transeuntes verão uma cruz e uma vela para cada um dos profissionais que morreram nessa guerra. Nos arredores também haverá faixas com reivindicações e sons reproduzidos mecanicamente.

 Segundo os organizadores, a ideia é chamar a atenção da população para o número de mortos no Brasil como efeito do descaso dos governantes de todas as esferas - federal, estadual e municipal –, representada pela falta de investimentos e, consequentemente, equipamentos de proteção.

 Por mais que os representantes brasileiros se preocupem em demonstrar esforços para conter a pandemia agora, o mundo percebe a diferença entre os países que investem na saúde pública e os que não investem. Nos extremos, a Alemanha aparece como exemplo pelo baixo número de mortalidade, e seu histórico de investimento na saúde pública; na outra ponta, os Estados Unidos da América (EUA), cujo sistema de saúde é limitado pelos interesses do mercado, é o triste líder do ranking de mortalidade.           

Nessa terça-feira, será possível acompanhar o ato realizado em Cuiabá por meio de uma live, que será transmitida pela página oficial da Adufmat-Ssind no facebook (clique aqui). Alguns poucos organizadores que estarão presentes no ato distribuirão 500 máscaras, o que já está sendo feito pelas entidades que compõem a Frente desde o início de abril. 

Luana Soutos

Assessoria de Imprensa da Adufmat-Ssind

(65) 98129-6139       

Mais informações com as fontes: Aldi Nestor de Souza (diretor geral da Associação dos Docentes da UFMT - Adufmat-Ssind): (65) 98117-7071 e Reginaldo Araújo (diretor do ANDES - Sindicato Nacional dos Docentes do Ensino Superior): (65) 99954-9001 

 


Comper entrega prêmio da campanha >Tá Pintando Coelhinho na Escola>

O dia ganhou um colorido especial com a entrega do prêmio de R$10.000,00 para a escola Emeb. Deputado Ulisses Silveira Guimarães vencedora do Concurso Cultural “Tá Pintando Coelhinho na Escola”, realizado pela Rede Comper de Supermercado, no qual as tradicionais esculturas de cabeças de coelho, que ficaram em exposição no topo das parreiras de Páscoa nas lojas, passaram por uma intervenção artística  dos alunos de 1º até o 3º ano. A votação foi ampla através do site da promoção.

A gerente Geral de Operações da Rede de Supermercados Comper Izilda Maria da Silva disse que a escola ganhou mais que o valor financeiro, pois  levou para a cultura para a  comunidade através de uma obra de arte personalizada.

 

A diretora da escola Sandra Aparecia Silva Moraes disse que desde quando receberam o convite para participar houve um grande envolvimento dos alunos, inclusive dos 48 alunos especiais, das famílias e comunidade. Foram 20 dias de preparação e a ação foi coordenada pelas professoras de Artes Daniele Xun e Jurema Silva Sousa. A ideia foi de maneira criativa valorizar a cultura regional utilizando materiais artesanais, destacando o fuxico e a chita.

Sandra contou que  o valor do prêmio será utilizado para troca dos quadros negros por quadros de vidros, oferecendo mais qualidade  no ambiente escolar  para os alunos.

 

Em Cuiabá 18 escolas participaram do concurso que foi realizado também nos estados de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul e no Distrito Federal, onde há supermercados da rede Comper.

 

 


Alimentos arrecadados nas lives de MC Hariel são destinados para famílias carentes de São Paulo

Os mantimentos serão distribuídos nesta terça-feira, 12

Conhecido pelo público por trazer nas canções mensagens positivas e que trazem força para momentos difíceis, o funkeiro MC Hariel decidiu fazer do trabalho, um instrumento para conseguir parceiros e arrecadar alimentos para ajudar os que mais precisam nesse período de pandemia.

O artista realizou duas lives em menos de um mês – a primeira aconteceu no dia 10 de abril e a segunda no dia 1° de maio, onde lançou o trabalho “Chora Agora, Ri Depois” –  nas transmissões que aconteceram pelo canal oficial no YouTube do artista, Hariel conseguiu arrecadar mais de 600 cestas básicas e mil caixas de Colomba Pascal. As doações que somadas, chegam a sete toneladas, são de amigos e empresários que admiram o trabalho do MC e de internautas que colaboraram com as doações online.

A entrega de uma parte desses alimentos acontecerá na próxima terça-feira, 12, na comunidade Vila Aurora, zona Norte de São Paulo e MC Hariel, não consegue esconder todo o empenho que vem realizando para que todas as famílias recebam além de alimentos, carinho e muito amor de toda equipe do artista, que faz parte da produtora GR6.

“De coração, muito obrigado a todos que apoiam o meu trabalho e que abraçam as causas comigo, vocês não são amigos, vocês são família, como eu sempre digo. Quem não conseguiu ajudar no dia da live, ainda é possível contribuir, se você ficar em casa, usar máscaras e sair somente quando necessário, você também estará ajudando quem você ama e os que estão por perto.”

A live do dia 1° de maio que marcou o lançamento de “Chora Agora, Ri Depois” – que chegou com dez músicas inéditas – pode ser conferida neste link, no YouTube (https://www.youtube.com/watch?v=TvRl7Y1p3Xk) e todas as canções já estão disponíveis nas principais plataformas de streaming.

Para saber mais sobre MC Hariel, acesse:

www.gr6eventos.com.br

Facebook: harieloriginal
Instagram: @mchariel
YouTube:
mcharieloriginal
Twitter: oficialharielmc


Roberta Miranda revela convidada especial para live

A cantora Fátima Leão é a convidada especial de Roberta Miranda para a live que acontece nesta sexta-feira (08/05), a partir das 19h, pelo YouTube. O encontro das artistas tem um significado muito especial para a música sertaneja, já que representa a união de duas das maiores compositoras do gênero de todos os tempos.

“É com bastante alegria que receberei essa grande amiga na minha live. Vamos mostrar um trabalho autoral, relembrando os grandes sucessos da música sertaneja. Esperamos por todos vocês”, convida a anfitriã.

Vale destacar que Fátima Leão é responsável por assinar inúmeros sucessos, a exemplo de “Dormi na Praça”, gravada por Bruno & Marrone, “E Deus Por Nós” (interpretada por Zezé Di Camargo & Luciano) e “Só Quem Amou Demais” (de Chitãozinho & Xororó). Também gravaram suas composições Matogrosso & Mathias, Leandro & Leonardo, Gian & Giovani, Chico Rey & Paraná, Felipe & Falcão, Milionário & José Rico, Joana, Demônios da Garoa, entre outros artistas.

O link para acompanhar a live de Roberta Miranda com participação especial de Fátima Leão já está disponível em: https://youtu.be/N4O1PLkSpyI

Para saber mais e acompanhar todas as novidades, acesse:

www.robertamiranda.com.br.

Facebook: RobertaMirandaOficial

Instagram: robertamiranda

YouTube: RobertaMirandaRM

Twitter: @RobertaMiranda1

Telefone para shows: (11) 3666-6115 - #blueworkeventos


LIVES 06 a 10 DE MAIO - por Gilda Portella

Agenda de Lives veja apresentações entre 6 e 10 de Maio

As live shows se tornaram a nova sensação durante a quarentena do Coronavírus e do isolamento social. Diversos artistas de diferentes gêneros musicais têm marcado shows virtuais para deixar os dias em casa mais alegres e aproveitam para conscientizar o publico dos cuidados para evitar o contagio E o mês de maio promete.

Além de ajudar as pessoas a lidarem com a pandemia, grande parte dessas iniciativas também tem caráter filantrópico e ajuda a arrecadar doações para as mais diversas causas, desde profissionais da música até trabalhadores da saúde. Por isso, resolvemos também fazer a nossa parte e te ajudar a se organizar para ver as apresentações de seus artistas preferidos.

 

6 de maio de 2020  (Quarta)

Konai - 12h – https://www.instagram.com/mtvbrasil/?hl=en

Sepultura - 16h - https://www.sepultura.com.br/sepulquarta

Gaab - 17h –https://www.youtube.com/channel/UCmST1cfhXXy1KP4KGVJX_5A

Os Travessos - 18h30 – https://www.youtube.com/watch?v=49VgL-Ajf1s&feature=youtu.be

Ayrton Montarroyos e Edmilson Capelupi (Em Casa com Sesc) - 19h -youtube.com/sescsp | facebook.com/sescsp | instagram.com/sescaovivo

Hungria Hip Hop - 19h - youtube.com/OficialHungria

Batista Lima - 20h - https://www.youtube.com/watch?v=VQkuWhEvgH8&feature=youtu.be

Dave Matthews Band exibe shows diferentes toda quarta-feira - 21h -https://www.davematthewsband.com/drivein/

Conrado e Aleksandro - 21h - youtube.com/conradoealeksandro

Rincon Sapiência (Cultura em Casa) - 21h30 - pelo https://culturaemcasa.com.br/festival-fiqueemcasa/   

Steve Aoki  Happy at Home : #OneCommunity LIVE no Tiktok) - 23h https://www.adweek.com/digital/tiktok-sets-happy-at-home-onecommunity-live-livestream-series/ 

Festival DoSol Sessions: Trazendo um artista potiguar por dia durante 32 dias, a bela iniciativa do festival DoSol contará com Clara neste dia 6 de Maio. Você pode saber mais e assistir pelo  Instagran https://www.instagram.com/festivaldosol/ ou https://www.youtube.com/dosoltv

88rising: Celebrando artistas asiáticos ou descendentes do continente em ascensão, o festival virtual traz nomes como Rich BrianbeabadoobeeYunaNo Vacation e mais. A partir das 22h, no https://www.youtube.com/watch?v=M8-49EaVE00

Music Cosmos from Home, da Bee My Ears: Em bela iniciativa da Bee My Ears, artistas ao redor do mundo se apresentam de casa diariamente e ajudam a arrecadar fundos para o combate à COVID-19. Na quarta-feira (6), serão duas atrações: Jovano Nou Red. Você pode assistir e ver mais informações pelo Instagram ou https://www.youtube.com/channel/UCN7at2Abi8HQzdmtdkqS3Cg

07 de maio (Quinta)

Princess Nokia: A Billboard tem convidado artistas para sua programação de quarentena, e a rapper americana estará ao vivo a partir das 14h no Instagram.

Norah Jones: Através de seu face book, https://www.facebook.com/norahjones/ a cantora tem aparecido ao vivo toda semana na quinta-feira às 17h.

Mac DeMarco: Símbolo do indie moderno, o músico estará transmitindo um show ao vivo (mas não realizado na hora) a partir das 17h pelo Twitch e pelo https://www.youtube.com/channel/UCqnMk5GA1spXDiHYFcPN-eA

Radiohead: O Radiohead estará transmitindo shows de seu arquivo ao vivo a partir das 18h no horário de Brasília, todas as quintas-feiras. Assista pelo https://www.youtube.com/channel/UCq19-LqvG35A-30oyAiPiqA

Alinne Barros - 18h - https://www.youtube.com/user/AlineBarrosOfficial

Araketu - 18h30 - https://www.youtube.com/watch?v=5B4XfedFUbY

Céu (Em Casa com Sesc) - 19h –youtube.com/sescsp | facebook.com/sescsp | instagram.com/sescaovivo

Manu Gavassi - 19h  https://www.youtube.com/channel/UCDXXF6FdtCMxn_CuSNWRbXQ

Duda Beat + Izenzêê: A dupla que já tem parceria no disco solo do músico do BRAZA estará ao vivo no Instagram às 19h para um bate-papo sobre “relações amorosas no tempo de isolamento”.

ibis #GigsAtHome: Em seu projeto #GigsAtHome, que já teve uma edição no dia 30/04, o hotel ibis trará a atriz, cantora e violinista Nath Rodrigues para uma apresentação que terá participação especial de Chico César. Acontece às 19h, no Instagram do hotel no Brasil. 

Alkaline Trio: Como parte da programação online do Riot Fest, o baixista e vocalista Dan Andriano fará um set acústico a partir das 20h no Face book https://www.facebook.com/RiotFest1/

Ben Gibbard: Já virou programação marcada: o líder do Death Cab for Cutie entra no ar a partir das 20h de Brasília toda quinta-feira, tocando covers e músicas da banda — às vezes até álbuns na íntegra. Assista pelo canal do  DCFC  https://www.youtube.com/channel/UCOtn115fCfFKIxG7_Quv9ZA 

Beto Barbosa - 20h – https://www.youtube.com/channel/UCYkBOPKn0xj8oLBQRj6XD2g 

Péricles - 20h - no youtube.com/canaldopericao 

André Abujamra (Cultura em Casa) - 21h30 -https://culturaemcasa.com.br/festival- fiqueemcasa/https://culturaemcasa.com.br/video/andre-abujamra-07-05-quinta/

Tigers Jaw: Queridinha dos fãs de rock alternativo e emo nos dias atuais, a banda tem ficado ao vivo toda quinta-feira através do Stageit https://www.stageit.com/site/landing  Começa às 21h30 no horário de Brasília.

Festival DoSol Sessions: Trazendo um artista potiguar por dia durante 32 dias, a bela iniciativa do festival DoSol contará com Cazasuja neste dia 7 de Maio. Você pode saber mais e assistir pelo: Instagran https://www.instagram.com/festivaldosol/ 

You tube https://www.youtube.com/user/dosoltv   

http://dosol.com.br/page/2/

Music Cosmos from Home, da Bee My Ears: Em bela iniciativa da Bee My Ears, artistas ao redor do mundo se apresentam de casa diariamente e ajudam a arrecadar fundos para o combate à COVID-19. Na quinta-feira (7), serão duas atrações: MUSA Edu Berdí. Você pode assistir e ver mais informações pelo Instagram ou Youtube https://www.youtube.com/channel/UCN7at2Abi8HQzdmtdkqS3Cg

 

 08 de maio (Sexta)

State Champs: Ícones do pop punk atual, a banda está na programação online do Riot Fest e fará um “Café da Manhã com os Campeões” a partir das 12h no Instagram do festival.

Pink Floyd: Dando sequência à sua série de transmissão de shows na íntegra, a banda vai ao ar às 13 horas no Horário de Brasília. https://www.youtube.com/user/OfficialPinkFloyd

The Tallest Man on Earth: Encaixando bem no formato acústico, o artista sueco está ao vivo toda sexta-feira às 16h de Brasília em seu  You tube e no Faceboook  https://www.facebook.com/thetallestmanonearthofficial/

Wild Nothing: Em sessão intimista e prometendo conversa além da performance, o Wild Nothing está ao vivo na Twitch toda terça e sexta-feira a partir das 16h de Brasília.

Low: A excelente banda tem feito transmissões ao vivo pelo Instagram, toda sexta-feira a partir das 17h.

Elsewither: Versão virtual do festival Elsewhere trará performances de Pabllo VittarUriasPussy RiotRina SawayamaAlice Glass e mais no jogo Minecraft, a partir das 19h. Mais informações pelo site oficial https://elsewither.club/

LUCAS & THIAGO,  a partir das 19h, ONDE: youtube.com/lucasethiago 

Latino - 19h - https://www.youtube.com/user/CantorLatinoOficial

Roberta Miranda - 19hhttps://www.youtube.com/watch?v=N4O1PLkSpyI&feature=youtu.be

ShowlivrePlay:  a plataforma da Showlivre está trazendo shows diariamente e você pode contribuir com um ingresso solidário para apoiar o artista e instituições de caridade nesses tempos difíceis. Nesta sexta-feira, a Tribo de Jah é a atração da vez, com show às 20h.

  Banda Magníficos - 20h - https://www.youtube.com/user/MagnificosTV

Mastruz com Leite - 20h – https://www.youtube.com/channel/UCM90FaSFuIXwj6-oZMrbNsA

Naiara Azevedo - 20h - https://www.youtube.com/user/NaiaraAzevedoOFICIAL/videos

Vanessa Jackson (Cultura em Casa) - 21h30 - https://culturaemcasa.com.br/video/vanessa-jackson-08-05-sexta/

FÁBIO JR. QUANDO:  a partir das 21h30 ONDE: youtube.com/fabiojr 

Lauana Prado - 22h45 - youtube.com/lauanaprado 

Festival DoSol Sessions: Trazendo um artista potiguar por dia durante 32 dias, a bela iniciativa do festival DoSol contará com Dusouto neste dia 8 de Maio. Você pode saber mais e assistir pelo Instagran https://www.instagram.com/festivaldosol/

You tube https://www.youtube.com/dosoltv

Music Cosmos from Home, da Bee My Ears: Em bela iniciativa da Bee My Ears, artistas ao redor do mundo se apresentam de casa diariamente e ajudam a arrecadar fundos para o combate à COVID-19. Na sexta-feira (8), a atração será a austríaca Raisa Kovacki é a canadense Carolina Slim. Você pode assistir e ver mais informações pelo Instagram ou  You tube . https://www.youtube.com/channel/UCN7at2Abi8HQzdmtdkqS3Cg 


 09 de maio (Sábado )

Dennis DJ - 16h - https://www.youtube.com/user/DENNISDJTV 

Genesis: A banda irá transmitir shows na íntegra às 16 horas no Horário de Brasília não You tube https://www.youtube.com/channel/UChv9FR8xwUxEkdBUVu4VUOw

We Are One Live Acoustic: O festival anual We Are One, que une bandas do punk, pop punk, hardcore e afins, está programando uma edição virtual para este dia 9 a partir das 17h no  You Tube. https://www.youtube.com/watch?v=FJhydYwdomU&feature=youtu.belive tem como objetivo ajudar o projeto social Fogão na Rua e tem escaladas as bandas brasileiras All the PostcardsAgainst the Hero e Zander, além das internacionais MakeWar (EUA), Adrenalized (Espanha), Decline (Austrália), Antillectual (Holanda), Much the Same (EUA), Belvedere (Canadá), Strung Out (EUA) e Face to Face (EUA).

Fernando e Sorocaba - 17h – https://www.youtube.com/user/fesoficial

Grupo Clareou - 17h - https://www.youtube.com/channel/UCZ32HpkroAdxpDUYejn0EHg

Dinho Ouro Preto - 18h - https://www.youtube.com/channel/UCr2TPo9hYng3NukEsLSJEyg

Erykah Badu e Jill Scott: As duas artistas farão uma espécie de “batalha” que será transmitida ao vivo a partir das 20h no Instagram.

RBD Live Experience: Em um tributo organizado por fãs, você poderá assistir a uma “live do RBD” a partir das 20h neste sábado. Vai acontecer pelo  You tube. https://www.youtube.com/channel/UCXqRIdAD6AcEaLtagcRfdKw/videos

Lucas Lucco: Às 20h, o cantor fará a segunda edição de sua live no seu canal do youtube.com/lucasluccooficial e com transmissão também na TV pela Record.

Marília Mendonça - 20h30 – youtube.com/mariliamendoncareal 

 João Donato - 21h30 - Cultura em Casa: Iniciativa do governo de São Paulo para que as pessoas permaneçam em casa. Assista pelo  site oficial  https://culturaemcasa.com.br/video/joao-domato-09-05-sabado/ 

Festival DoSol Sessions: Trazendo um artista potiguar por dia durante 32 dias, a bela iniciativa do festival DoSol contará com Pedro Mendes neste dia 9 de Maio. Você pode saber mais e assistir pelo Instagran https://www.instagram.com/festivaldosol/

You tube https://www.youtube.com/channel/UCLv3SoTMZvQnIanxtMFe1gg

Music Cosmos from Home, da Bee My Ears: Em bela iniciativa da Bee My Ears, artistas ao redor do mundo se apresentam de casa diariamente e ajudam a arrecadar fundos para o combate à COVID-19. As atrações serão a londrina Midori Jaeger e o brasileiro João Victor. Você pode assistir e ver mais informações pelo Instagram ou  You tube https://www.youtube.com/channel/UCN7at2Abi8HQzdmtdkqS3Cg

10 de Maio (Domingo)

Live do Bem Sertanejo com Michel Teló - 13h - : youtube.com/micheltelo

Zeca Pagodinho - 13h – https://www.youtube.com/user/ZecaPagodinhoficial 

 Edson e Hudson - 14h - https://www.youtube.com/watch?v=Y54uVXX1VMI

Roberto Carlos - 15h -  Também para celebrar o Dia das Mães, o Rei estará ao vivo em seu canal do You tube  youtube.com/RobertoCarlosOficial | TV Globo | Globoplay | Multishow | GNT

Tigers Jaw: Queridinha dos fãs de rock alternativo e nos dias atuais, a banda tem ficado ao vivo todo domingo através do  STAGEIT. Começa às 15h00 no horário de Brasília. https://www.stageit.com/site/landing 

Daniel - 15h45 - https://www.youtube.com/user/DanielOficial

The Rolling Stones: Em um novo projeto semanal, a icônica banda está transmitindo shows históricos todos os domingos a partir das 16h no  You tube https://www.youtube.com/channel/UCB_Z6rBg3WW3NL4-QimhC2A e no site oficial . https://rollingstones.com/

Felipe Original: Sucesso recente da música brasileira, Felipe estará ao vivo no projeto “Original em Casa” a partir das 16h no  You tube. https://www.youtube.com/channel/UCthu_3fLOljEZguJA8scX_w 

Grupo Bom Gosto - 16h - youtube.com/bomgostooficial

Dorgival Dantas - 16h – youtube.com/Dorgivaloficial

 Vitor Kley - 16h - https://www.youtube.com/channel/UCy9mF52-GP9NqOmfR0g9ukg

Anitta - 16h30 - youtube.com/AnittaOficial

Zezé Di Camargo e Luciano - 16h30 – youtube.com/tvzcl

Jorge Vercillo - 17h - youtube.com/JorgeVercillo

Leonardo e Zé Felipe na live "Pai & Filho" - 17h – youtube.com/zefelipecantor 

 João Neto e Frederico - 18h – youtube.com/joaonetoefrederico

 Ivete Sangalo - 18h -https://www.youtube.com/user/ivetesangaloficial

Simone: A icônica cantora brasileira está fazendo uma série de lives que ocorre sempre aos domingos, a partir das 18h, em seu Instagran oficial https://www.instagram.com/simoneoficial/ . Ela pretende atender pedidos e sugestões dos fãs durante as transmissões. 

Festival DoSol Sessions: Trazendo um artista potiguar por dia durante 32 dias, a bela iniciativa do festival DoSol contará com Simona Talma neste dia 10 de Maio. Você pode saber mais e assistir pelo Instagran https://www.instagram.com/festivaldosol/

 You Tube https://www.youtube.com/dosoltv

https://www.youtube.com/channel/UCRh5RbzUVqx2WJ6yaWAI6bQ

 

 


COLETIVO DE MULHERES NEGRAS DE CÁCERES REALIZA ENCONTRO VIRTUAL DAS PRETAS

COLETIVO DE MULHERES NEGRAS DE CÁCERES realiza ENCONTRO VIRTUAL DAS PRETAS 

 Na próxima quinta feira dia 07 de maio as 19:00 hs, com o tema: 

A POPULAÇÃO NEGRA E A COVID19

Nosso encontro será via plataforma https://meet.jit.si/ 

O link será compartilhado antes da reunião iniciar para todas as interessadas. 

Para auxiliar os debates e reflexões faremos a leitura do texto a seguir  elaborado pela Associação Brasileira de saúde Coletiva em edição especial sobre o Coronavirus no Brasil.

https://www.abrasco.org.br/site/noticias/sistemas-de-saude/populacao-negra-e-covid-19-desigualdades-sociais-e-raciais-ainda-mais-expostas/46338/ 

Sua participação é muito mais que importante ela é ESPECIAL

Logo a baixo segue o texto: 

 

 

TEXTO: População negra e Covid-19: desigualdades sociais e raciais ainda mais expostas 

As doenças não são entidades democráticas. Pelo contrário, elas têm incidências determinadas pela renda, pela idade, pelo gênero e pela raça. Diante da pandemia provocada pelo coronavírus (SARS2- CoV2), diversos segmentos da sociedade estão mais expostos e são identificados como grupos de risco, por conta de comorbidades específicas. A população negra, em sua diversidade, também é um dos grupos de risco, obviamente com gradações internas, variando tanto por comorbidades que atingem negras e negros em maior número, caso da hipertensão e da diabetes e, principalmente, a anemia falciforme, ou mesmo pela letalidade social, motivada por questões históricas, políticas e sociais estruturantes de nossa sociedade. A Abrasco ouviu pesquisadores e lideranças sociais para entender esse cenário e ser um canal dessas demandas.

Altair Lira, professor do Instituto de Humanidades, Artes e Ciências da UFBA (IHAC/UFBA) e integrante do Grupo Temático Racismo e Saúde (GT Racismo/Abrasco), aponta que o racismo estrutural dificulta a vida de negros e negras, e não seria diferente durante a pandemia “Estamos falando de um grupo que carrega dificuldades estruturais no seu viver, provocada por um racismo estrutural e estruturante, que começa desde a informação que chega a essa população até o acesso a exames para detecção do vírus, principalmente no que chamamos de casos suspeitos”.

Se as desigualdades sociais já são relevantes para o agravamento de outras doenças, no caso da Covid-19, o cenário não é diferente. Deivison Faustino, professor e pesquisador da Universidade Federal de São Paulo e integrante do Instituto Amma Psique e Negritude, aponta que esse debate é urgente para as ações para lidar com o coronavírus: “ É preciso abrir um debate urgente sobre o quanto as desigualdades sociais agravam ou até impedem as possibilidades de prevenção de adoecimento e morte pela Covid-19. Graças a um histórico escravista de nossa sociedade, mas, sobretudo, por um racismo que se atualiza em descaso e violência de Estado contra a população negra, nós somos a maioria absoluta nas favelas, nos cortiços, nas palafitas, na população de rua nas cadeias, nos empregos precários”. Além da questão relacionada à moradia da população pobre no país, composta por uma maioria de negras e negros, Deivison aponta as dificuldades de se fazer quarentena: “Somos a maioria entre as pessoas que continuam pegando trem ou ônibus lotado para poder ir trabalhar. A pergunta que fica é: como fazer a quarentena nessas condições? Ele vai se isolar aonde? No seu barraco de dois metros quadrados, com filhos, avós, esposa? Como ele vai se cuidar? É urgente que as autoridades sanitárias e as autoridades políticas em geral desenvolvam estratégia de contenção da Covid-19 nesses grupos, ou a gente vai presenciar uma carnificina sem precedentes”.

Epidemiologista e uma das coordenadoras do GT Racismo e Saúde da Abrasco e docente da Universidade Estadual de Feira de Santana (UEFS), Edna Araújo complementa, ressaltando a negação de direitos vivenciada cotidianamente pela maioria dos negros e negras no país: “No Brasil, o enfrentamento à pandemia da Covid-19 tem desvelado não somente a insuficiência do nosso sistema de saúde, aliás condição comum a muitos sistemas de saúde do mundo frente a uma pandemia, mas também a desigualdade social oriunda da alta concentração de renda e do racismo nas suas mais variadas formas, que fazem com que o nascer, viver, adoecer e morrer da população negra sejam mediados por condições de miserabilidade, de privação de direitos, de moradia e de emprego formal”.

Desafios para lidar com a doença das células falciformes: O cenário para portadores da anemia falciforme já é bastante difícil em períodos normais e, com o cenário de pandemia, alguns problemas podem ser agravados. A doença falciforme é hereditária e a estimativa é de atinja mais de 70 mil pessoas em todo o país. Dentre as principais causas de morbimortalidade nos indivíduos com essa enfermidade está a síndrome torácica aguda (STA), termo usado para uma constelação de achados que incluem dor no peito, tosse, febre, hipóxia (baixo nível de oxigênio) e infiltrados pulmonares. Alguns desses sintomas podem facilmente ser confundidos com a Covid-19 e levar as pessoas à emergência dos serviços de saúde. Altair Lira alerta para a agilidade que os unidades de assistência precisam ter para lidar com esse quadro: “Precisamos garantir o seu atendimento dentro de protocolos de classificação de risco, dando a prioridade necessária para seu atendimento e tomando as medidas necessárias para que, caso seja coronavírus, ações ainda mais imediatas e específicas sejam adotadas, pois o curso da infecção nesses pacientes imunodeprimidos será efetivamente grave.”

A Associação Brasileira de Hematologia, Hemoterapia e Terapia Celular (ABHH) publicou um documento com recomendações para a redução de morbidades em pacientes que lidem com a doença falciforme. O documento destaca “uma preocupação significativa de que a sobreposição de doença pulmonar da Covid-19, no cenário pulmonar em doença falciforme marcados pela síndrome torácica aguda, possa resultar em complicações significativas e na ampliação da utilização da assistência médica”.

Para se entender o racismo estrutural nas políticas públicas de saúde para população negra, Altair aponta ainda os dados sobre a descoberta do primeiro relato de anemia falciforme no país e a primeira política elaborada: “A anemia falciforme é um retrato do racismo no Brasil. Entre o primeiro relato da doença e a primeira política pública se passou quase um século. Isso não é um dado gratuito quando identificamos que a doença é predominante entre negros”.

O racismo estrutural e o Sistema de Saúde: Para além das doenças diretamente relacionadas ou que atingem em maior número a população negra, a sobrecarga que a pandemia pode causar ao sistema de saúde do país pode expor ainda mais o racismo estrutural que atravessa o atendimento da saúde. Edna Araújo aponta que é neste cenário de racismo, desigualdade social e subfinanciamento do SUS “que a Covid-19 encontra ambiente propício para produzir o caos aos corpos negros, tendo em vista que 80% dos usuários se autodeclaram. Neste sentido, Deivison aponta que, “o racismo estrutural na saúde se revela por uma divisão desigual de acesso, pelo tratamento desigual dentro do sistema e também, principalmente, pela invisibilidade das desigualdades raciais na hora do planejamento das políticas e ações de saúde”. Para ele, apesar dos problemas vivenciados ali, é fundamental a defesa do sistema: “O sucateamento do SUS nos atinge diretamente, já que somos maiores dependentes do sistema no país. Então, a primeira luta de todas para a população negra é o fortalecimento do SUS”.

Lucia Xavier, da organização Criola, destaca a importância de que as ações emergenciais possam dialogar com políticas de longo prazo: “Os movimentos sociais negros e de mulheres negras, buscam conjugar ações emergenciais e políticas que ampliem as condições sanitárias da população negra e também ações políticas de largo prazo que garantam o futuro dessa população em um país tão desigual e violento”. Foi nesse sentido que a Coalizão Negra por Direitos lançou uma nota reivindicando a adoção imediata de medidas de proteção da população negra e demais outras afetadas ou em vulnerabilidade ao Coronavírus. Dentre as medidas estão os cuidados com pessoas infectadas; prevenção, promoção e atenção à saúde; e assistência social.

Pensar como lidar com a situação na crise requer também o pensamento em formação dos profissionais e da ciência. Neste sentido, a atuação de cientistas e a formação de profissionais que lidem com tais questões sociais e raciais que fazem parte do nosso cotidiano de atendimento em saúde devem ser reforçadas ainda mais nos períodos especiais. “Cientistas negras e negros tem uma importância muito grande neste período, pois foram elas e eles que, para além dos sinais e sintomas, buscaram as causas e efeitos do racismo na saúde da população negra. A participação dos movimentos sociais negros transformou-se em mola propulsora destes estudos e políticas de atenção, medidas estas que precisam ser tomadas também no contexto do coronavírus”.

Diante deste cenário que se revela e pode aprofundar ainda mais as desigualdades raciais e sociais do país, o Grupo Temático Racismo e Saúde (GT Racismo/Abrasco) destaca 12 pontos para reduzir impactos negativos da Covid-19 em grupos vulnerabilizados. Confira os pontos:

1. Estabelecer um novo pacto social no qual TODAS AS PESSOAS possam viver com dignidade;
2. Reconhecer a importância e a necessidade do SUS para contenção da Covid-19;
3. Aportar recursos para o pleno funcionamento do SUS, em todas as suas instâncias de formulação, planejamento e gestão de políticas, financiamento, regulação, coordenação, controle e avaliação (do sistema/redes e dos prestadores, públicos ou privados) e prestação direta de serviços;
4. Orientar prefeitos e gestores para aplicar recursos da saúde, considerando o quantitativo e perfil da população negra, de modo a impactar positivamente na melhoria controle e redução de transmissão da Covid-19;
5. (Re)contratar profissionais para atuar na Atenção Primária à Saúde, uma vez que 80% dos casos da Covid-19 são manejados e necessitam de cuidados neste nível que é, reconhecidamente, hábil e capaz de lidar com grupos vulnerabilizados;
7. Orientar agentes comunitários de saúde para fazer busca ativa de idosos, pessoas com Hipertensão Arterial, Diabetes, Doenças Pulmonares Obstrutivas Crônicas, Doenças Falciformes e outras doenças consideradas de risco para a Covid-19;
8. Realizar ações de educação em saúde, utilizando materiais educativos (em português, inglês e francês) e levar informações sobre a Covid-19 em parceria com organizações, grupos e coletivos negros nos territórios prioritariamente ocupados por população negra – quilombos, favelas, bairros periféricos, terreiros, assentamentos, populações do campo, escolas públicas, invasões, grotas, baixadas, comunidades, vilas, ressacas, mocambos, palafitas, e em situação de rua, entre outros;
8.1. No que tange à população em situação de rua é crucial:
Disponibilizar banheiros públicos abertos e água potável em garrafas descartáveis;
Manter restaurantes populares abertos com horário mais amplo e entrega gratuita de alimento;
Priorizar pessoas em situação de rua nas campanhas de vacinação;
Aumentar os recursos e ampliar as equipes para os Consultórios na Rua;
Distribuir kits com sabão, álcool gel e outros produtos de higiene;
Acomodar em imóveis apropriados às pessoas em situação de rua que precisam de isolamento;
Disponibilizar abrigo protegido para pessoas, suas carroças e animais de estimação.
9. Ampliar as condicionalidades nos programas de renda familiar mínima para contemplar: os grupos em contexto de maior vulnerabilidade socioeconômica, risco de adoecimento e morte como: refugiados e migrantes, quilombolas, ribeirinhos, pescadores artesanais, marisqueiras, geraizeiros, povos ciganos acampados, travestis, prostitutas e outros trabalhadores do sexo e população em situação de rua.
10. Inserir a variável raça/cor nas fichas de registro e notificação da Covid-19, divulgar boletins e outras estatísticas oficiais apresentando dados desagregados também por esta variável.
11. Envolver setores como Defensoria Pública, prestadores de serviços, terceiro setor e Organizações não Governamentais para atuarem na mitigação dos impactos negativos da Covid-19 nas populações de maior vulnerabilidade.
12. Convocar e engajar instituições e pessoas de alta renda, para financiar ações de curto, médio e longo prazos voltados para estes grupos.

 


Deville Prime Cuiabá e Cia Sinfônica anunciam show nas janelas no próximo domingo

Anote esta data: no próximo domingo, dia 3 de maio, 19h em Cuiabá (20h em Brasília), vá para a janela de sua casa e preste atenção! O Hotel Deville Prime Cuiabá será palco de mais uma ação emocionante para encantar a capital do Mato Grosso em época de isolamento social. Depois do teaser com a Cia Sinfônica que circulou pelas redes sociais, agora será feita uma live emocionante, como presente para a população. 

 

A curiosidade para a ação promete ser grande, já que no último sábado, dia 25 de abril, 22 músicos da Cia Sinfônica, sendo 11 cantores e 11 instrumentistas, gravaram um vídeo cantando e tocando “Amazing Grace”, de Andrea Bocelli, com um coração vermelho formado nas janelas. Tudo com a direção artística do Maestro Fabrício Carvalho. A ação contou, além do Hotel Deville Prime Cuiabá e da Cia Sinfônica, com a parceria da Drone Cuiabá, Godoy Filmes e Paul Mark que fez a edição e direção das imagens.

 

Conheça mais sobre o projeto - Luzes de alguns quartos, que levam à fachada formas, figuras e palavras, já estavam acontecendo e encantando os cuiabanos. A ação começou na véspera do aniversário da cidade, com um coração, que ficou ainda mais especial com a lua cheia que iluminava a capital.

 

Mesmo com as unidades temporariamente fechadas, devido às recomendações dos órgãos oficiais, elas continuam transmitindo conforto e bem-estar, por meio de mensagens nas janelas. Gerson Honório da Silva, gerente geral do Hotel Deville Prime Cuiabá, explica como funciona o processo criativo. “Ele parece simples, mas é bem trabalhoso e a execução demora de 4 a 5 horas, sendo que, às vezes, precisamos fazer correções. Com a foto da fachada impressa em um papel, pintamos um mosaico. Em seguida, vamos aos apartamentos selecionados, acendendo as luzes e posicionando os blackouts para criar os recortes necessários”, conta.

 

O mais trabalhoso até agora foi a palavra Fé, que além das letras tinha duas mãos em prece. Outro destaque foi o Cristo Redentor: “Escolhemos pela data da Páscoa e também por ser um símbolo do nosso turismo nacional”, completa Gerson. A repercussão tem sido muito positiva. “Recebemos muitas fotos e até vídeos aéreos, além das mensagens de vizinhos e até de pessoas que nem conheciam o nosso Hotel”, finaliza.

 

@hoteisdeville, @ciasinfonica, @paulmarkvideomaker, @dronecuiaba, @followgodoi.

 

O HOTEL – Deville Prime Cuiabá

 

Com uma localização estratégica, o Deville Prime Cuiabá está no melhor bairro da capital mato-grossense. Uma referência em hospedagem, o hotel dispõe de excelente estrutura e serviços especiais para garantir a melhor estada para o hóspede que está a trabalho ou a lazer. A infraestrutura contempla salas de reuniões e eventos, piscina, academia, loja com produtos regionais, entre outros atrativos.

 

Sobre a Rede Deville:

A Rede Deville começou suas atividades com o Hotel Deville Colonial, no centro de Curitiba. Desde então, vem crescendo e se consolidando como um dos principais grupos hoteleiros do País. Atualmente, atua como operador e investidor nas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste, com nove hotéis, aproximadamente 1.500 acomodações e mais de 1.100 funcionários. Administra o São Paulo Airport Marriott Hotel (SP), Deville Prime Campo Grande (MS), Deville Prime Cuiabá (MT), Deville Prime Porto Alegre (RS), Deville Prime Salvador (BA), Deville Business Curitiba (PR), Deville Business Maringá (PR), Deville Express Cascavel (PR) e Deville Express Guaíra (PR).


Live 27 de Abril com Antonieta Costa 

Quarentena Negra                                                       

A proposta de realizar a Live com tema pertinente a nossa realidade foi uma iniciativa do “Elas por Elas MT” e que, com certeza, aguçou a minha vontade de dialogar na perspectiva do recorte de gênero e de raça o tema que hora nos preocupa que é “o impacto da Convid19 na população negra”.

Assim sendo procurei dividir esse dialogo em partes: primeiro a situação das mulheres negras, visto a grande preocupação por conta da vulnerabilidade que é apontada nas pesquisas dos últimos anos, principalmente no “Dossiê das Mulheres Negras no Brasil” que aponta como causa principal dessa exclusão a condição econômica que essa mulher passa; pois a maioria vive em situação de pobreza e consequentemente são vítimas das diversas formas de violência por conta do racismo estrutural.

Depois a Necropolítica que em suma constituilimites da soberania do poder que nada mais é do que exercer o controle sobre a mortalidade decidindo quem deve morrer e quem deve viver. É um tema novo para nós “A Teoria da Necropolitica do filosofo teórico político, historiador, intelectual e Professor Universitário Camaronês Joseph-AchilleMbembe pontua a tripla perda do homem escravizado do seu lar, do direito sobre o seu corpo e do seu estado político, ou seja, se torna um morto vivo e coloca como a pandemia democratizou o poder de matar e o isolamento que é justamente uma forma de regular esse poder.Ele investiga como os governos decidem quem viverá e quem morrerá e de que maneira viverão e morrerão.

Por fim, a Pandemia, discutir a origem e como chegou nas comunidades, porque  a maioria dos negros quando são hospitalizados tem mais chance de morrer, acesso a saúde de qualidade e  condições, doenças pré-existentes como diabetes mellitus tipo 2, hipertensão. Por fim pensar em politicas públicas e ações afirmativas para que haja mudança nesse cenário.

Dialogar um pouco sobre o bem viver nesse momento crítico.


Museu de Arte Sacra de MT lives 25 e 26 de abril

O Museu de Arte Sacra de Mato Grosso, em realização do projeto #MASMTEMCASA, um projeto que engloba lives e conteúdos informativos para você vivenciar e conhecer o museu sem sair de casa, esta semana em seu perfil do Instagram @Museudeartesacramt irá promover uma semana de lives com excelentes convidados, que abordaram temas relacionados a educação, história e música.

Confira a programação de lives da semana, dias 25 e 26 de abril de 2020:


 25/04, 19 h - horário de Cuiabá (20h Brasília), no Instagram do Museu (@museudeartesacramt), LIVE com Renilson Rosa Ribeiro é professor de História da Universidade Federal de Mato Grosso, onde atualmente desempenha a função de pró-reitor de cultura, extensão e vivência. Doutor em História Cultural pela Universidade Estadual de Campinas, com estágio pós-doutoral em Educação pela Universidade de São Paulo. É docente do Programa de Pós-graduação em Estudo da Linguagem e ProfHistoria - Mestrado Profissional em Ensino de História na UFMT.

TEMA: "O mundo como um museu vivo: para uma dimensão planetária da cultura".

Mediação: Viviene Lozi – Diretora Executiva e Curadora



 26/04, 19 h - horário de Cuiabá (20h Brasília), no Instagram do Museu (@museudeartesacramt), LIVE com Professor Maurim Rodrigues Costa, licenciado e bacharel em história pela UFMT. Mestre em história pela mesma instituição. Professor de ensino básico desde 1988. Atualmente é professor do colégio FATO e Professor do CPC. Prefeitura Municipal de Cuiabá/ 2019

TEMA: "O professor de História e o Museu".

Mediação: João Batista – Gerente do Educativo



#masmt #museu #masmtemcasa #secel #acaocultural #patrimoniocultural #arte #saibamais #govmatogrosso #artesacra #museumt #museus #museuscuiabá #museuscuiabano #cuiaba #cuiabazinho #cuiababrasa #cuiabamt #museudeartesacra #museudeartesacramt.

 


LIVE DA CAMPANHA PERMANENTE Dia 28 de Abril 14 h -

 

Na próxima terça-feira (28), às 14h, faremos uma live de lançamento da versão, em português, da publicação Agrotóxicos perigosos. Bayer e BASF – um negócio global com dois pesos e duas medidas, mesmo dia em que acontece a Assembléia de Acionistas da Bayer.

Neste novo estudo internacional, a Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos, a rede INKOTA, a Fundação Rosa Luxemburgo, a MISEREOR e a organização sul-africana Khanyisa documentam como os gigantes químicos alemães Bayer e BASF exportam para o Brasil e a África do Sul agrotóxicos já banidos na União Européia. São também apresentados casos em que o uso de venenos da Bayer e da BASF provocou intoxicações graves e outras doenças entre agricultoras/es na África do Sul e grupos indígenas no Brasil.

Por que a Bayer e a BASF podem fazer negócios de duplo padrão? Quais os ingredientes ativos de pesticidas banidos da União Européia são vendidos pela Bayer e a BASF no Sul Global? Quais as conseqüências diretas para agricultores e povos indígenas? O que deve ser feito para proibir os dois pesos e duas medidas no comércio de agrotóxicos?

Estas e outras questões serão discutidas diretamente com as/os autores do estudo. Participe!

Debatedoras/es: Lena Luig (Inkota, Alemanha), Sarah Schneider (Misereor, Alemanha), Simphiwe Dada (Khanyisa, África do Sul), Erileide Domingues (Guarani-Kaiowá), Fran Paula (Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida). Apresentação: Alan Tygel (Campanha Permanente Contra os Agrotóxicos e Pela Vida)

Youtube: www.youtube.com/contraosagrotoxicos

Facebook: www.facebook.com/campanhacontraosagrotoxicos

 

 


Festival IXPIA - 24 de Abril a 3 de Maio

Como é da natureza humana, da comunicação e do desejo de compartilhar, de dizer “Oi!

Estou aqui”, IXPIA O FESTIVAL surge de uma simples conversa que, por sua vez, serviu de impulso para tantas outras vozes se somarem e se transformarem num trabalho colaborativo.

 

CONTEXTO

Dois mil e vinte entrará para a história como o ano da irrupção da pandemia global de um tipo específico de coronavírus, o COVID-19. A doença possui um grau de contágio tão elevado que as soluções de quase todos os governos, baseados nas recomendações da Organização Mundial de Saúde, têm sido a opção drástica do isolamento social como medida de contenção do vírus. Os sistemas de saúde tendem a entrar em colapso, como já se vê em alguns países. Restringir a circulação de pessoas é seguramente a melhor opção para salvar vidas, dizem os profissionais da saúde e epidemiologistas em todo o mundo, o que, consequentemente, traz impactos nunca antes vistos na economia global.

Os setores da música e do entretenimento encontram-se entre os mais afetados pelas medidas de isolamento social, pois além da vertiginosa queda na venda dos produtos desse mercado, as regras de não- aglomeração de pessoas impedem a realização dos shows musicais de qualquer porte em contexto presencial, o que se enquadra economicamente na categoria de prestação de serviços, e que representa,ainda, a mais tradicional fonte geradora de renda para a maioria dos profissionais envolvidos nessa cadeia produtiva.

Nas últimas décadas, a forma de se consumir música tem ganhado outros formatos, sobretudo devido aos avanços tecnológicos e acessibilidade à internet. As novas gerações já nascem nesse funcionamento, o que também depende muito do fator socioeconômico, mas é fácil compreender que, para os músicos, há um processo de transição e aprendizagem no uso de novas ferramentas para estudo, divulgação e venda de seus produtos e força de trabalho.

Ixpia O Festival nasce de um desejo de replicar, com artistas de Mato Grosso (natos ou paus-rodados), os modelos empregados em outros festivais de transmissão ao vivo (lives) que têm se multiplicado nas últimas semanas, como alternativa – não a única – para o fortalecimento de redes, ampliação de público, e como instrumento de conscientização acerca do distanciamento social e seus impactos na desaceleração da propagação do vírus COVID-19, seguindo as normativas da OMS, combatendo o negacionismo científico, posicionamento adotado pelo governo brasileiro.

 

IXPIA O FESTIVAL

 

Ixpia O Festival acontece na rede social Instagram, coordenado pelo perfil @ixpiaofestival, fonte oficial do evento, com 70 lives ao longo de 10 dias. Elas ocorrerão, uma a uma, nos perfis de cada artista participante. São, em média, 7 shows de 30 minutos por dia, na faixa de horário entre 15 e 20 horas (horário oficial de Mato Grosso), de 24 de abril a 3 de maio.

Na sequência dos shows do dia, haverá, sempre às 19h, uma transmissão do perfil @ixpiaofestival entrevistando os artistas que se apresentaram ao longo da tarde e repercutindo o que aconteceu durante os shows e as reações dos artistas e do público.

É importante citar que, nas raras situações em que mais de um artista fizer parte da live, eles o farão por viverem juntos a quarentena ou com distanciamento e precauções quanto à assepsia, o que os próprios artistas destacarão em seus discursos.

Há uma agenda interna, pré-festival, que envolve duas lives nas quais os assuntos são de ordem técnica sobre a realização de uma live e sobre o funcionamento do Instagram, a cargo de Ricardo Porto e Thyago Mourão, respectivamente. O intuito formativo visa o empoderamento dos artistas no uso das ferramentas da rede social em benefício de si mesmos e de sua rede.

Além do Instagram, o festival será transmitido ao vivo pela Rádio Assembleia 89.5 FM, ancorado por Luís Eduardo. Haverá também um programa de rádio com músicas dos artistas participantes do festival aos domingos, às 11h, na rádio CAPITAL FM 101.9 FM, de Cuiabá. O programa será capitaneado por Raul Fortes.

 #ficanaxacasa e #ixpiaofestival

 IDENTIDADE VISUAL,

ARTE: Jhon Douglas  

DESIGN, VÍDEOS:

Silvano Junior 

SUPORTE TÉCNICO:

Thyago Mourão Ricardo Porto 

ORGANIZAÇÃO:

André Coruja – 65 999928160

Rauni Vilasboas – 65 996021357 [email protected]

PROGRAMAÇÃO

 

  • 24 de abril

15:30 – André Coruja - @andre_coruja

16:00 – Henrique Maluf - @henriquemaluf

16:30 – Jhon Douglas - @jhondouglas

17:00 – Nado Benitez - @nadobenitez

17:30 – Ju Grisólia - @jugrisolia

18:00 – Caio Mattoso - @caiomattoso_

18:30 – David Dafré - @daviddafre

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 25 de abril

15:30 – Guto Pera - @gutopera

16:00 – Uirá - @uirap

16:30 – Kleuber Garcez - @kleuber_garcez

17:00 – Capileh Charbel - @charbel_capi

17:30 – Déds Cabulha - @cabulha

18:00 – Geandro Moura - @geandromouraoficial

18:30 – Gabriel Bong - @gabrielbongman

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 26 de abril

16:00 – Kayto Oliveira - @kaytooliveira92

16:30 – Camila Fidelis e Fabrício Pimenta - @camilafidelismusica

17:00 – Theo Charbel - @theocharbel

17:30 – Eloá Pimenta - @eloapimenta

18:00 – Deize Águena - @deizeaguena

18:30 – Zeh Gustavo (Part. Kell Santos) - @zeh.gustavo

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 27 de abril

15:30 – Andrei Serotini - @andreibserotini

16:00 – Mariana Badan - @marianabadan_

16:30 – Chabox - @fabriciochabo

17:00 – Afra Catarse - @afra.catarse

17:30 – Letícia Ambrósio - @leticiaambrosiooficial

18:00 – Raul Fortes - @raulfortes

18:30 – Ana Rafaela - @anarafaelaoficial

 

  • 28 de abril

15:30 – Henrique Santian - @henriquesantian

16:00 – P-Brother - @pbrother_salomanos

16:30 – Luiz Góes e Andrew Fya - @luizzgoes @andrew_fya

17:00 – Karola Nunes - @karola_nunes

17:30 – João Reis - @musicadereis

18:00 – Paulo Monarco - @paulomonarco

18:30 – Laura Paschoalick - @paschoalickoficial

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 29 de abril

15:30 – Kenny - @kendersonaraujo

16:00 – Sarah Mitch - @eusarahmitch

16:30 – Larissa Padilha - @laarissapadilha

17:00 – Maurício Cebalho - @mauriciocebalho

17:30 – Nega Lu - @negaluciana

18:00 – Érika Ribeiro - @erikaribeiro26

18:30 – Jefferson Neves - @jeff.neves_ferreira

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 30 de abril

15:30 – Gora - @andre.gora

16:00 – Lescano - @lescanoalcione9

16:30 – Taynara Duarte - @baracubaca

17:00 – André Yonezawa - @yonezawa.andre

17:30 – Kássia Filiagi e Oscar Ortega - @kahfiliagi

18:00 – Cristopher Chaves - @crischavesmt

18:30 – Danilo Bareiro - @bareirodanilo

19:00 – @ixpiaofestival

 

1° de maio

15:30 – Pezão - @eugeniopezao

16:00 – Luciana Bonfim - @lucomcafe

16:30 – Josi Crispim - @josi_crispim

17:00 – Wanessa Dias - @wanessa_dias

17:30 – Mariana Feitoza - @marianafeitozac

18:00 – Rauni Vilasboas - @rauni_valentim

18:30 – Ricardo Porto - @ricardo_sporto

 

  • 2 de maio

15:30 – Maicon Saatti - @maicon_saatti

16:00 – Flávio Rosa - @flaviorosa19

16:30 – Miolo d’América - @miolodamericaoficial

17:00 – Anselmo Parabá - @anselmoparaba

17:30 – Paula Shaira - @paulashaira

18:00 – Lord Crossroads e Diego Fornalha - @lord_crossroads

18:30 – Los Pollos Hermanos - @giogottardi

19:00 – @ixpiaofestival

 

  • 3 de maio

15:00 – Gabriel Carmo - @gabriel.carmo_

15:30 – Ahgave - @ahgave

16:00 – Jheine Lima - @omormacoseverino

16:30 – Hend - @hend_real

17:00 – Estela Ceregatti - @estelaceregatti

17:30 – Luana Eras - @luanaeras

18:00 – Pacha Ana - @pachaana

18:30 – Mariana Borealis - @borealismariana

19:00 – @ixpiaofestival


Hotéis usam criatividade para transmitir mensagens pelas janelas

É em momentos de crise que a criatividade e o amor fazem a diferença. E os hotéis da Rede Deville têm encantado vizinhos com mensagens especiais. Mesmo com as unidades temporariamente fechadas, devido às recomendações dos órgãos oficiais, elas continuam transmitindo conforto e bem-estar, por meio de mensagens nas janelas.

 

Acendendo as luzes de alguns quartos, a fachada forma figuras e palavras, cada vez mais criativas. No Hotel Deville Prime Cuiabá, por exemplo, a ação começou na véspera do aniversário da cidade, com um coração, que ficou ainda mais especial com a lua cheia que iluminava a capital.

 

Gerson Honório da Silva, gerente geral do Hotel Deville Prime Cuiabá, explica como funciona o processo criativo. “Ele parece simples, mas é bem trabalhoso e a execução demora de 4 a 5 horas, sendo que, às vezes, precisamos fazer correções. Com a foto da fachada impressa em um papel, pintamos um mosaico. Em seguida, vamos aos apartamentos selecionados, acendendo as luzes e posicionando os blackouts para criar os recortes necessários”, conta.

 

O mais trabalhoso até agora foi a palavra Fé, que além das letras tinha duas mãos em prece. Outro destaque foi o Cristo Redentor: “Escolhemos pela data da Páscoa e também por ser um símbolo do nosso turismo nacional”, completa Gerson. A repercussão tem sido muito positiva. “Recebemos muitas fotos e até vídeos aéreos, além das mensagens de vizinhos e até de pessoas que nem conheciam o nosso Hotel”, finaliza.

 

Fiquem de olho nas janelas do Hotel nos próximos dias e participem da contagem regressiva para a próxima surpresa!

 

O HOTEL – Deville Prime Cuiabá

 

Com uma localização estratégica, o Deville Prime Cuiabá está no melhor bairro da capital mato-grossense. Uma referência em hospedagem, o hotel dispõe de excelente estrutura e serviços especiais para garantir a melhor estada para o hóspede que está a trabalho ou a lazer. A infraestrutura contempla salas de reuniões e eventos, piscina, academia, loja com produtos regionais, entre outros atrativos.

 

Sobre a Rede Deville:

A Rede Deville começou suas atividades com o Hotel Deville Colonial, no centro de Curitiba. Desde então, vem crescendo e se consolidando como um dos principais grupos hoteleiros do País. Atualmente, atua como operador e investidor nas regiões Sul, Sudeste, Centro Oeste e Nordeste, com nove hotéis, aproximadamente 1.500 acomodações e mais de 1.100 funcionários. Administra o São Paulo Airport Marriott Hotel (SP), Deville Prime Campo Grande (MS), Deville Prime Cuiabá (MT), Deville Prime Porto Alegre (RS), Deville Prime Salvador (BA), Deville Business Curitiba (PR), Deville Business Maringá (PR), Deville Express Cascavel (PR) e Deville Express Guaíra (PR).

 


SÁBADO COM MEGA SHOWS DE LADY GAGA, ELTON JOHN, P. McCARTNEY, ROLLING STONES - por Gilda Portella

O festival é uma iniciativa em parceria entre a Global Citizen, Lady Gaga e a OMS (Organização Mundial da Saúde).

Para incentivar as pessoas a ficarem em casa durante o surto de coronavirus, em parceria com a OMSLady Gaga está organizando um mega festival online com diversos shows: Elton John, Paul McCartneyRolling Stones e muito mais. Nele, os profissionais de saúde da linha de frente serão homenageados. Além de conscientizar as pessoas sobre as ações de prevenção de contágio e alertar para a importância de ficar em casa.

ABC, a NBC e as redes pertencentes à ViacomCBS irão transmitir o show "One World: Together at Home" ("Um Mundo: Juntos em Casa", em português), no dia 18 de abril a partir das 15 horas (horário de Brasilia). No pré-show, vão cantar ou falar os seguintes artistas, em ordem alfabética: Adam Lambert, Andra Day, Angèle, Anitta, Annie Lennox, Becky G, Ben Platt, Billy Ray Cyrus, Black Coffee, Bridget Moynahan, Burna Boy, Cassper Nyovest, Charlie Puth, Christine and the Queens, Common, Connie Britton, Danai Gurira, Delta Goodrem, Don Cheadle, Eason Chan, Ellie Goulding, Erin Richards, FINNEAS, Heidi Klum, Hozier, Hussain Al Jasmi, Jack Black, Jacky Cheung, Jack Johnson, Jameela Jamil, James McAvoy, Jason Segel, Jennifer Hudson, Jess Glynne, Jessie J, Jessie Reyez, John Legend, Juanes, Kesha, Lady Antebellum, Lang Lang, Leslie Odom Jr., Lewis Hamilton, Liam Payne, Lili Reinhart, Lilly Singh, Lindsey Vonn, Lisa Mishra, Lola Lennox, Luis Fonsi, Maren Morris, Matt Bomer, Megan Rapinoe, Michael Bublé, Milky Chance, Naomi Osaka, Natti Natasha, Niall Horan, Nomzamo Mbatha, P.K. Subban, Picture This, Rita Ora, Samuel L Jackson, Sarah Jessica Parker, Sebastián Yatra, Sheryl Crow, Sho Madjozi, SOFI TUKKER, SuperM, The Killers, Tim Gunn, Vishal Mishra e Zucchero.

A apresentação internacional do evento online é de Jimmy Fallon, do The Tonight Show, com Jimmy Kimmel, do Jimmy Kimmel Live e de Stephen Colbert do The Late Show with Stephen Colbert. Esta previsto: performances intimistas e, em grande parte, acústicas. Todas as atrações vão cantar direto das casas delas, em apresentações pré-gravadas.

Na sequência, às 21h, acontecem os shows principais do festival. Em ordem alfabética, são os seguintes que vão cantar ou falar: Alicia Keys, Amy Poehler, Andrea Bocelli, Awkwafina, Billie Eilish, Billie Joe Armstrong (Green Day), Burna Boy, Camila Cabello, Celine Dion, Chris Martin, David & Victoria Beckham, Eddie Vedder (Pearl Jam), Ellen DeGeneres, Elton John, FINNEAS, Idris and Sabrina Elba, J Balvin, Jennifer Lopez, John Legend, Kacey Musgraves, Keith Urban, Kerry Washington, Lady Gaga, Lang Lang, Lizzo, LL COOL J, Lupita Nyong’o, Maluma, Matthew McConaughey, Oprah Winfrey, Paul McCartney, Pharrell Williams, Priyanka Chopra Jonas, Sam Smith, Shah Rukh Khan, Shawn Mendes, Stevie Wonder, Taylor Swift e Usher.

O Rolling Stones anunciou hoje, em publicação nas redes sociais, que também fará  parte do festival que acontecerá amanhã, às 21h (horário de Brasília).

A organização pretende arrecadar fundos antes do show e já conseguiu cerca de US $ 35 milhões para os grupos de apoio da OMS, comprar equipamentos para os profissionais da saúde e kits de diagnóstico da Covid-19, especialmente para 39 países da África, 20 na Europa e 29 nas Américas.  Visa buscar beneficiar instituições de caridade locais e regionais responsáveis por fornecer comida, abrigo e assistência médica àqueles que precisam de ajuda.

O festival também será transmitido digitalmente pela emissora de rádio IHeartMedia Inc., e por plataformas como  BBC, NBC, Alibaba, Amazon Prime Video, Apple, Facebook, Instagram, LiveXLive, Tencent, Tencent Music Entertainment Group, TIDAL, TuneIn, Twitch, Twitter, Yahoo e YouTube.

A TV Globo, o Globoplay e o Multishow também irão transmitir o festival, segundo informação do jornal "O Globo". Tiago Leifert   ira apresentar e contará com participação da cantora Anitta; A transmissão do pré-show, ao vivo, será feita pelo Multishow e o Globoplay, a partir das 16 h

Para mais informações sobre o One World: Together At Home, confira o site oficial.

Facebook:  https://www.facebook.com/GLBLCTZN  

Instagran: https://www.instagram.com/glblctzn/

YouTube: https://www.youtube.com/user/GlobalPovertyProject

Twitter: https://twitter.com/glblctzn 

     


 


Moraes Moreira morre aos 72 anos, no Rio de Janeiro

O cantor e compositor Moraes Moreira morreu na madrugada desta segunda-feira (13) aos 72 anos, em casa, no bairro da Gávea, no Rio de Janeiro. Conforme a assessoria do artista, ele morreu por volta das 6h depois de sofrer um infarto agudo do miocárdio.

Segundo Eduardo Moraes, irmão do cantor, o corpo de Moraes Moreira foi encontrado após a chegada da empregada doméstica no apartamento em que ele morava. O artista vivia sozinho, segundo o irmão.

Ainda de acordo com a assessoria, as informações sobre o enterro não serão divulgadas para evitar aglomerações, recomendação de vários órgãos de saúde como prevenção à Covid-19.


Luto - Prefeito lamenta morte da mãe do deputado estadual Wilson Santos

o corpo será velado e enterrado no município de Nova Airão (AM)

 

O prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro, lamentou a morte da mãe do deputado estadual Wilson Santos, Noêmia Santos, na madrugada deste domingo (12). Vítima de infarto, aos 78 anos, Noêmia morava no município de Nova Airão, interior do Amazonas, e deixa cinco filhos.

“É com profunda tristeza que recebemos a informação.Minhas condolências à família enlutada”, disse o prefeito. 

O corpo será velado e enterrado no município de Nova Airão (AM). Tão logo teve conhecimento, o deputado Wilson Santos embarcou em um voo para o Amazonas para acompanhar a despedida de sua mãe. 

“Aos familiares nossos mais profundos pêsames e pedimos a Deus que traga conforto e consolo a todos, familiares, do nosso grande a amigo e companheiro de jornada política, Wilson Santos, nesse momento tão doloroso”, lamenta Pinheiro.


Página 1 / 10

Próximo »

Telefone para contato

(65) 3358-5258

© copyright 2018 Todos os direitos reservados.